• Do Rio pra cá

Ozzy Resoluções


Não importa quão feliz ou triste você esteja ou se vive uma fase boa ou ruim, porque virando a meia-noite do dia 31 de dezembro para o dia 1 de janeiro, é inevitável que nosso peito se encha de esperança e um sentimento de renovação tome conta de nós. Seja para correr atrás com mais força de nossos sonhos, não adiar mais alguma atitude que precisa ser tomada ou fazer acontecer suas metas e objetivos em busca da sua evolução pessoal.

No Brasil, de uma forma geral, temos sempre um caminho como predeterminado a percorrer e evoluir. Escola, Faculdade, Formação da Carreira, Evolução da Carreira, Casar, Filhos, etc. Eu sempre quis ter a experiência de morar fora, e quando você tem esse sonho, sua vida sai um pouco da linha reta e entra numa montanha russa. E assim como o sentido do seu caminho muda, suas resoluções de ano novo naturalmente vão fugir também do senso comum.

Eu gosto de dizer que existem tipos e níveis de intercâmbio.

Temos o Intercâmbio nível 1, de classificação easy: Quando você viaja novo, bancado pelos pais e TEM que voltar para terminar escola ou faculdade. O cara vai ligado no turbo! Tem 6 meses para aprender inglês e aproveitar o máximo! Esse tipo de intercâmbio é bem intenso porque não existe a opção de estender o tempo, então é tudo ou nada!

Depois desse, temos o nível 2, médio: A pessoa já viaja mais madura, com algum dinheiro no banco em caso de necessidade e com o domínio do inglês. Vai ralar, trabalhar, mas em caso de necessidade, ainda tem uma economia salva.

E aí, temos o Nível 3, Hard, perrengue: A criatura viaja com pouco dinheiro e sem inglês! O dinheiro acaba e o emprego não aparece por não ter inglês. É o famoso se vira nos 30!

Eu vim para a Austrália nessa última opção, $1.400,00 no bolso, sem inglês e me virando como podia! (A estadia no primeiro mês, estava garantida, incluída no pacote do curso de inglês.)

Cheguei em novembro, então quando o ano virou, eu ainda estava em plena e intensa fase de adaptação, tinha meus últimos $300 dólares no bolso e estava passando uns dias numa cidade chamada Byron Bay, sem ainda um teto na Gold Coast, onde eu deveria morar quando as aulas de inglês recomeçassem dia 5 de janeiro. Com certeza minhas resoluções desse 2015 que chegava eram simplesmente me adaptar, arrumar um trabalho, uma casa e melhorar meu inglês. Totalmente diferente das usuais que eu costumava ter nos anos anteriores, no Rio.

Enfim, muita coisa aconteceu nesse ano de 2015, graças a Deus as resoluções foram realizadas e sou muito grata por tudo que aprendi, evolui e passei. Posso dizer que 2015 foi inesquecível, mas estou muito feliz por 2016 ter chegado.

Minhas resoluções agora são bem mais leves do que as do ano que passou. Falando um inglês melhorzinho e mais adaptada, meu foco inicial é simplesmente aproveitar mais essa experiência. Surfar mais, explorar mais e me permitir viver tudo que tenho direito por aqui e se possível em outros cantos do mundo também.

Desejo a todo um ótimo ano novo, que seus sonhos se tornem realidade e que sejamos sempre gratos a todos os momentos da vida!

2016 vai ser o melhor de todos!

See you soon! Até o próximo texto!

#Resolutions #Austrália #CarolinaMiranda

4 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle