• Do Rio pra cá

Um horário cheio de minutos!


“mãe, você me pega kurz vor sieben!”

e assim ficou combinado com minha filha de apenas 10 anos.

Virei as costas e fui caminhando pelo parque, frio, coberto de neve... kurz vor sieben...

Do Rio pra Cá foi difícil de me acostumar com essa metódica alemã... é tudo tão correto que as crianças já crescem num sistema formal de responsabilidade.

Kurz vor sieben em português, faltando poucos minutos para as sete horas, é um horário que qualquer alemão acha normal e pronto a ser cumprido, não são sete horas e sim, alguns minutos pras sete. Esse alguém estará te esperando lá nesse horário. Porque?

Porque é assim! Eles são assim, e eu sou assim agora!

De volta ao parque às 18:56h avistei-a de longe. Ela realmente estava pronta, secou o cabelo e guardou todo o equipamento da aula de natação. Às 18:57 h caminhamos de volta pra casa.

Não houve atraso ou espera, foi tudo calculado para que ambas as partes pudessem desfrutar de alguns minutos a mais do dia.

Assim também é na escola quando o diretor fala naquele microfone engraçado, a voz meio retorcida parecendo coisa dos anos 90, “o ônibus estará a espera às 12:47h”, as crianças descem as escadarias com suas enormes mochilas e encontram realmente e ônibus nesse horário cheio de minutos!

Assim se cresce aqui, com os minutos contados e os dias planejados. É a metodologia alemã de ser correto, pontual e não há como ser diferente.

Se aprende assim na escola, se aprende assim com o pai e a mãe que também aprenderam assim. É uma questão de educação, não há outro método e nem “jeitinho” e eficiência. Se não for assim é bagunça, e aqui não há espaço para bagunça.

Existe lojas de 1,99, virou universal a moda dos 0,99, a diferença é que aqui, você recebe 0,01 de troco e, se cair no chão, alguém pega e te devolve.

Existe o encontrar um cachecol no chão, a diferença é que se coloca o objeto encontrado em cima do muro para que a pessoa possa voltar e encontrar seu pertence perdido.

Existe a fila no banco, a diferença é que ela dura 3 minutos pois eles se preparam para trabalhar assim.

E com toda essa ordem e ética vamos vivendo, e também aprendendo, e também melhorando e nos reorganizando. Vamos ficando “chatos” é verdade, mas quando mais chato se fica, mais integrado se esta!

Mas agora chegou a Primavera! E as coisas começam a ficar mais soltas por aqui...

Ouve-se musica alta nas casas, os balcões estão floridos nos apartamentos, as ruas repletas de cores e os parques grandiosamente belos. Alguém trabalhou sistematicamente para que isso fosse possível e vê-se o resultado. TUDO começa a florir e os alemães começam a sorrir...

Interessante observar como as pessoas aqui se modificam de acordo com o tempo, é mesmo intenso longo e escuro o inverno por aqui, e nesse tempo as pessoas se concentram ainda mais em si mesmas, não há graça, não há sol, mesmo que a neve seja linda, o natal deslumbrante, ainda assim, é tempo de silencio, caras fechadas de pessoas que esperam para renascer, e renascem... ah como é gracioso ver a cidade cheia de gente pela manhã, nas padarias tomando sol e café, um hábito bem tradicional! O “guten Morgen” tradicional vem agora com um sorriso, os alemães estão se preparando para saírem um pouco de si, entrarem de férias, sentirem-se leve.

E vão dando o ar da graça, aos poucos vão saindo do “caracol” e se preparando para os próximos 5 meses de vida.

A vida agora parece ser mais longa, como os dias de verão. O sol se põe as oito da noite e o clima quente transporta as pessoas para suas churrasqueiras, bares e passeios de bicicleta, mas, sem esquecer que durante a semana a responsabilidade existe. Ainda que sem casacos ou gorros, ainda que mais leve e cheia de sorrisos, a segunda-feira será um dia de acordar as seis da manhã e seguir pro trabalho. As normas continuam sendo executadas, agora com mais cores, agora com o colorido da primavera, mas ainda metódica e racional.

Tradição e educação se harmonizam com moderno e tecnológico.

E o bom humor se harmoniza com a previsão do tempo!

Eu vou seguindo por aqui, observando os dias quase sempre iguais dessa pequena cidade ao sul da Alemanha, onde a vida acontece exatamente como as estações do ano, durante anos e anos. Vou admirando o mesmo parque que agora esta coberto de flores, e caminho em direção ao clube de natação, como combinado, kurz vor sieben!

#Alemanha #BrasileirasnaAlemanha

11 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle