• Sonaira D'Ávila

Untersberg, a montanha mágica na Alemanha e Áustria

Atualizado: 11 de Out de 2019


Era só eu e os de corvos sobrevoando o mundo...Bem-vindo a um conto de uma antiga civilização celta com Portais do Tempo, Elfos, Fadas, Gnomos, Extraterrestres, Civilizações Subterrâneas, Santo Graal e Fenômenos Paranormais que cercam uma Montanha que faz fronteira com a Alemanha e a Áustria - Bem vindo a Untersberg, a montanha mágica na Alemanha e Áustria!

O maciço Untersberg de aproximadamente 70 km², fica 1972 m de altura acima do nível do mar sendo que dois terços dele fica na Alemanha e um terço na Austria. Em uma visita de 1992 à Áustria, o Dalai Lama pediu para ver a Montanha e a chamou de "Dragão adormecido" e "The Heartchakra" do Mundo (o chakra do coração se refere a um centro de energia na terminologia oriental).

No topo deste pico misterioso eu estava sozinha. Enfim, era só eu e a montanha. O encontro. Ok, isso não é totalmente verdade. A tempos a montanha me fascina desde que cheguei por aqui na Alemanha e decidimos dormir nela uma noite.

Localizamos, eu e marido, uma cabana (Hütte) de acesso tranquilo, 200 metros ou 20 minutos montanha abaixo do ponto de chegada e fizemos a reserva (a palavra tranquila é algo que pode ser questionado, dependo do treinamento e condicionamento físico de cada um). Subimos de bondinho pelo acesso da Austria por Grodig

Como no conto de fadas, também é fantástica a vista da Untersberg: o cume pode ser alcançado a pé através de trilhas ou com o teleférico pelo lado Austríaco de uma cidadezinha vizinha a Salzburg. Em Grödig pegamos o bondinho e em 15 minutos chegamos lá no topo de 1.776 metros após atravessar uma diferença de altura de 1.320 metros.

A grande massa de turistas sobe por aqui, vai até o Untersberg Gipfelkreuz, o ponto mais mais alto por perto (1.853m) e retorna.

O caminho é de pedras, com subidas, descidas e bem irregular, então todo cuidado é pouco.

Muitos nome mágicos

O Untersberg tem muitos nomes: é descrito pela população como "Wunderberg", "montanha mágica" , "montanha sagrada”, "montanha de luz”. e sempre inspirou histórias e lendas. É atravessado por gigantescos sistemas de cavernas ,que ainda não são totalmente explorados, dando origem a numerosas lendas e mitos que cercam o Untersberg. A caverna de gelo Schellenberger é a mais popular, e a Riesending-Schachthöhle , a mais longa e mais profunda da Alemanha.

O maior dos mitos diz que o imperador Carlos Magno espera a sua ressurreição no interior da montanha; A cada cem anos ele acorda, e quando ele vê que os corvos ainda voam ao redor da montanha, ele dorme outro século enquanto é cuidado pelo "Untersberger Mandln” que são figuras anãs leais ao imperador. Ele dorme na montanha até sua ressurreição e sua barba cresce em torno de uma mesa redonda. Até agora, ela deu duas voltas. Mas quando ela terminar a terceira rodada e os corvos já não circularem em torno do cume, o fim do mundo começa!

Será quando o imperador irá despertar e sair do Untersberg marcando o retorno de um imperador da paz na última grande batalha da humanidade.

Os duendes e os anões guardam imensas riquezas nessas cavernas. As florestas da montanha, por outro lado, são o lar de gigantes e as mulheres mais selvagens.

Existem vários mitos de viagens no tempo, especialmente anomalias estranhas. Existem furos, em que o tempo passa mais rápido ou mais lento que em outros lugares passam pela linha de Kyrill.

Além disso, são muitos os registros dos contatos do mundo do espelho ( mundo intraterrestre). Muitas histórias provêm de pesquisadores que registraram os fenômenos do tempo há 25 anos.

O poder da montanha atrai muitas pessoas, e Adolf Hitler era obcecado pelo Untersberg. Ele construiu uma casa no topo de uma montanha na fronteira com a Áustria em Kehlstein, da qual ele podia ver o Untersberg o dia todo. Ele acreditava naquilo que estava dentro da montanha e que abrigava poderes místicos que o ajudariam a vencer seus inimigos. Hitler chamou o Untersberg de "Terra interior”.

Mas se você quer aproveitar é a partir das 17:30h que a montanha é de quem nela vai ficar até às 8 horas do dia seguinte. E no verão que o sol se põe depois das 20h, ainda temos tempo suficiente pra contemplar a paisagem lá no Gipfelkreuz e chegar de volta na cabana antes de escurecer. A maravilhosa vista do alto sobre as amplas extensões do sopé pras pastagens alpinas é uma experiência inesquecível.

Um mundo sem fronteiras…

Um lugar tão antigo, umas das primeiras montanhas do mundo, do mundo ancestral e primordial. Com certeza um dos lugares sagrados, de poder do mundo. Aqui em Untersberg, enquanto olho para Salzburgo e o vale com suas inúmeras pequenas cidades abaixo, sei que sou eu num tempo sagrado descolada do mundo la´em baixo.

As cabanas são bem rústicas e a nossa tem mais de 100 anos, Zeppezauer-haus .Toda de madeira que foi transportada nas costas, imagina. Ela tem pequenos quartos bem básicos com camas e roupa de cama, o que nem sempre acontece nas cabanas ( cada um leva seu saco de dormir) que custam 33 euros por pessoa com café da manhã. Tem banheiro coletivo mas banho só lá fora de manhã. E bandeiras de oração budistas, penduradas na chegada.

A pequena cozinha tem um cardápio simples e os dois cozinheiros eram tailandêses, budistas. Foi o nosso lugar de almoço e jantar. Depois das 17h é o único lugar neste canto que se pode comer. Sentamos no terraço, comemos às 19h e acompanhamos o sol descendo devagar até se pôr. O dia que foi lindo também foi quente. 30 graus que foram caindo rapidamente sem o sol, até atingir 10 graus e não conseguirmos mais ficar do lado de fora.

E a noite chegou e com ela o silêncio, a meia lua e as estrelas, as luzes das cidades se acendendo abaixo e a montanha 200 metros acima. Eu queria ficar lá fora! Me enrolei no cobertor em cima dos casacos e fui. A luz da lua iluminava a montanha e todo o vale. E escondia as estrelas. Sozinha lá fora, me veio um arrepio.

- É o frio. E voltei pra dentro.

Não consegui dormir, num misto de excitação e…

E não sei.

Dormi pouco, acordei e consegui ir ver as estrelas com marido quando ele acordou de repente. Que céu, senhor, que céu!

Voltamos rápido pra cama que ainda estava quente e só sei que depois de alguns sonhos, acordei.

Eu vi as luzes dentro do quarto e ouvia um som abafado constante como um motor que achei ser da cidade lá embaixo.

Fui olhar pela janela e tive o impulso para ir lá fora.

Mais que isso, eu sabia que precisa ir para fora! Sózinha!

...e quem disse que eu conseguia me mover dali?

Minhas pernas fraquejaram e hesitei em enfrentar a solidão.

Me meti na cama e tentei dormir um meio sonho alerta.

De manhã, me bateu um misto de arrependimento e decepção comigo mesma.

Tive receio do que?

Envio daqui minhas orações de paz, direto do chakra do coração do mundo. É a minha forma de participar do Global Light of Peace que acontece hoje no mundo inteiro. O Untersberg é uma montanha sagrada - um transportador de energia que ressoa com a terra suas energias sob a forma de espalhar linhas de força.

Levo comigo as mensagens que recebi, o que consegui superar caminhando na montanha e a vontade de voltar e me permitir mais.

Sim, eu devia ter ido lá fora! Untersberg, a montanha mágica na Alemanha e Áustria!!!

*Em lugares especiais - ou chamado de poder - forças especiais podem ser experimentadas.

Quer saber mais sobre lugares especiais por onde a gente mora? Aqui tem um outro segredinho...

E continue acompanhando nosso blog e curte nossa página no Facebook e Instagram.

#Alemanha #SonairaDÁvila #Austria #Untersberg

0 visualização

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle