• Guiga Soares

O Carnaval do Rio de 2020 já chegou!

Atualizado: Jan 13


Cor, movimento e muito samba: o Carnaval do Rio já chegou. ( Foto: Pixabay)

Pra quem vive no Rio, essa fase do ano significa que o Carnaval carioca está chegando. Passam as festas de fim de ano e o dia de Reis. E, o calendário já nos jogou nos tempos de folia carnavalesca. Ou melhor, já chegou. Já tem bloco de rua, coroação de Rei Momo e da Rainha do Carnaval.


Nesse ano de 2020, a festa terá 50 dias, segundo a Prefeitura. Começou nesse 12 de janeiro depois de acertos operacionais e de segurança com as autoridades. O Bloco da Favorita se apresentou no mesmo palco montado nas areias de Copacabana para o Réveillon. Houve shows de Sandra de Sá, Preta Gil entre outros artistas.


Nas lojas populares do Centro do Rio, as fantasias coloridas já estão nas vitrines.(Foto: Pixabay)

O CARNAVAL CARIOCA NAS RUAS DA CIDADE


O Carnaval mesmo é de 21 (sexta-feira) até 25 de fevereiro (terça-feira). Mas, tem megabloco desfilando no dia 1º de março. Os desfiles serão pela Avenida Antônio Carlos no Centro da cidade. Esses grandes blocos arrastam mais 500 mil pessoas. Esse foi o número, por exemplo, do Bloco da Preta em 2019. Se você curte, confere abaixo a lista dos megablocos. E, se prepara para encarar a multidão debaixo do sol de verão.

  • Dia 02 /02 – Lexa

  • Dia 09/02 – Carnaval Square

  • Dia 15/02 – Chora Me Liga

  • Dia 16/02 – Bloco da Preta

  • Dia 22/02 – Bloco do Bola Preta

  • Dia 25/02 – Bloco da Ludi

  • Dia 29/02 – Bloco das Poderosas

  • Dia 01/03 – Monobloco


Mais de 700 pedidos para os desfiles de bloco de rua foram recebidos (Foto: divulgação Riotur)

As ruas da cidade mais uma vez serão tomadas por blocos de rua. Segundo a Riotur, empresa responsável pelo turismo, anunciou que recebeu mais de 700 pedidos de blocos. Abaixo, a quantidade de desfiles cadastrados:

  • Barra /Jacarepaguá - 85 desfiles

  • Centro - 177 desfiles

  • Tijuca - 68 desfiles

  • Zona Norte - 145 desfiles

  • Zona Oeste - 88 desfiles

  • Zona Sul - 168 desfiles


Integrante da escola de samba Mangueira no Sambódromo (Foto: G1)

A EMOÇÃO DO CARNAVAL DO RIO NO SAMBÓDROMO


Houve tempos, lá para os tempos da minha infância, que essa época do ano já era motivo de fervilhamento mental. Ao som de tamborins, cuícas e pandeiros, minha cabeça já estava nos bailes de clubes onde meu pai e meus tios me levavam.


Eu ficava também esperando o dia em que a gente ia ver de pertinho as escolas de samba, nem que fosse depois do desfile: no que chamamos de dispersão. Pela nossa frente, passavam ritmistas cansados, baianas arrastando os pés de cansaço e muitos rostos felizes.


Sempre curti muito Carnaval. E, continuo curtindo. O que mudou foi a idade para acompanhar com mais dedicação e energia os festejos carnavalescos.


Dizem que a bateria é o coração de uma escola de samba. Acho, sim, que transforma meu coração.

Para mim, nada mais impressionante do que a bateria de uma escola de samba. O coração parece que vai pular pra fora do meu corpo. Nada mais emocionante do que 2, 3 mil pessoas cantando juntas, evoluindo juntas no Sambódromo. Nada mais espetacular do que a mistura incrível de cores, materiais e texturas das fantasias.

E, a comissão de frente? Sem palavras para descrever a emoção de assistir todo aquele espetáculo. E, tudo ao vivo! Porque é isso: tem que ser ao vivo e em cores. O bom é estar lá na passarela do samba no Centro do Rio. A força da emoção é única. A força dessa experiência é inesquecível.


Por conta da minha formação, jornalista e especialista em Comunicação e eventos, trabalhei algumas vezes durante o Carnaval do Rio. Trabalhei tanto na pista como nos camarotes.


Vou contar uma coisa: de todos os eventos dos quais participei esse talvez seja o mais cansativo.

Trabalha-se muito. E, pra quem curte Carnaval e samba fica mais pesado ainda. Não dá pra curtir nem um pouquinho. É atenção, responsabilidade e preocupação o tempo inteiro. E, dormir pouco, muito pouco.



Impressionante a evolução cadenciada de um grupo imenso de pessoas na passarela do samba (Foto: Pixabay)

Pra quem, como eu, curte o desfile no Sambódromo do Rio, a agenda de 2020 está abaixo.

  • Dia 21/02 – Desfile da série A (1º dia)

  • Dia 22/02 – Desfile da série A (2º dia)

  • Dia 23/02 – Desfile do Grupo Especial (1º dia)

  • Dia 24/02 – Desfile do Grupo Especial (2º dia)

  • Dia 26/02 – Apuração

  • Dia 29/02 – Desfile das escolas campeãs


Em igual esforço de trabalho, ou quase igual, talvez seja outro Carnaval, o de Salvador na Bahia. Participei da equipe de produção, em 2011, do desfile de um trio elétrico, o bloco Azul Tim, com Carlinhos Brown e o Blue Man Group no circuito Barra-Ondina.


Foi uma super e deliciosa experiência. Seis horas de desfile em meio a uma multidão enlouquecida. Aprendi muito, mas ralei muito também e, nada de diversão. Mas, como costumo dizer repetindo Roberto Carlos: “ se chorei ou se sofri, o importante é que emoções eu vivi”. Ficou pra sempre no meu coração.


Prometo voltar ao tema. Afinal, ainda há muito tempo até os dias propriamente ditos de Carnaval.

E, conta pra gente qual é a sua opinião sobre Carnaval? Foge do Rio nos dias de Momo? Ou, se fica na cidade e curte tudo quanto é oferta de diversão, seja no Sambódromo, clubes ou blocos de rua.


Estamos no Instagram e no Facebook. Vai lá, e nos segue. Deixe seu comentário.

58 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle