• Sonaira D'Ávila

De Montevideo para José Ignacio- um luxo só

Atualizado: 6 de Out de 2019


...em 8 dias de Roteiro redondinho por terras gaúchas/ Parte2

Eu e marido alemão, começamos a embarcar, em 8 dias de viajem num roteiro com 3 tipos de abordagem, para esta nossa primeira imersão pelo Uruguai.

Fomos desbravando o pequeno país por partes e com “pegadas” diferentes de viagem, que dividi em 3 partes e vou contando pra vocês.

1-Primeira viagem ao Uruguai-a capital do mundo gaucho, Montevideo

2-De Montevideo para José Ignacio- um luxo só

3-De Cabo Polonio para Pelotas- descobertas

Depois de dois dias inteiros na cidade, saímos de Montevideo com calma. Viemos descobrir a cidade latino-americana com melhor qualidade de vida e que nos surpreendeu com sua simplicidade e dignidade. Só isso renderia um post imenso. Pelas ruas se pode sentir o cheiro da erva que se fuma ou se ver a erva que se bebe e que todos carregam sem distinção. A Maconha por aqui é liberada e o mate é mais do que a bebida nacional, ambas são experiências comunitárias. Não basta ser gaucho, tem de compartilhar

Recapitulando o post anterior, uma semana ANTES da alta temporada, no primeiro dia, embarcamos a noite no ônibus leito em Porto Alegre e acordamos em Montevideo. Ganhamos tempo e economizamos numa diária. A grande desvantagem é que demoramos pra recuperar a noite mal dormida e nosso roteiro era bem intenso. Por lá ficamos 2 dias inteiros e no quarto dia rumamos para Punta del Este- a costa mais luxuosa da América Latina, com certeza, fica no Uruguai.

4º dia

Ficamos hospedados em Pocitos no My Suites Boutique Hotel & Wine Bar e depois de tomamos um café da manhã reforçado fazemos o check out e seguimos para pegar nosso carro alugado, no centro, perto do Teatro Solís. O Google maps nos ajudou bem durante toda a viagem e não tivemos nenhum problema para seguir rumo a Punta del Este, nossa próxima parada. Este reconhecido balneário luxuoso e badalado da América do Sul, cresceu para um lado, formando Punta Ballena e para o Oriente criando as rústicas pra lá de chics, La Barra e José Ignacio.

Estrada boa e como tínhamos tempo, fomos parando. Fomos seguindo o Rio da Prata na rota das principais atrações turísticas do Uruguai.

Perto da estrada vindo de Montevidéu, pela Ruta Interbalneária , antes de chegar em Punta del Este, existe um lugar mítico e impactante a 1 hora e meia da capital! Casapueblo-www.carlospaezvilaro.com.uy

A dádiva da surpresa

Casapueblo é um complexo que compreende um hotel, restaurante, o Museo e a residência da família do artista e se localizada em Punta Ballena. Foi construído a partir de 1958 pelo artista uruguaio Carlos Paéz Vilaró e moradores locais por 30 anos. A maior obra de arte deste museu é a própria casa, toda branca, debruçada no penhasco sobre o mar e o Rio da Prata, sendo uma "luta aberta com a linha reta" como o próprio artista definiu. Chegar ai não é muito simples e o sol se põe depois das 20h no verão. Sem um carro alugado, a logística para esta visita, pode ser bem mais dispendiosa ou um perrengue.

Algumas coisas devem ser vividas e se a gente conta perde a graça. Só dou uma dica, se forem passar por aqui, tentem visitar a tarde. E se o dia não estiver nublado ou chovendo, espere o pôr-do-sol na varanda da Casapueblo. Não tivemos tanta sorte, dia nublado e nada do Sol. Pra superar a frustração, baixei a Cerimônia Del Sol ( segue um lik) e me sentei pra ver o pôr-do-sol em José Ignácio (depois de Punta, no outro dia) olhando o mar do Uruguai. Foi até melhor, sem a horda de turistas em volta. Depois me fale sobre "o instante de arrebatamento”...

Punta del Este-

Punta, como é conhecida, fica distante aproximadamente 200 km da fronteira com o Brasil e 130 km da capital Montevidéu. Mas juro que parece outro país, tal o luxo e muita badalação em volta. Bem distinto da capital que é bem modesta e tranquila em comparação. TUDO por aqui é cotado em dólares e no verão rolam muitas festas por toda parte. É uma cidade badalada, cara e internacional. Na altíssima estação, que começa depois do Natal e vai até o Carnaval, a cidade recebe quase 1 milhão de pessoas. Um frenesi total. Depois, a cidade hiberna, já que pousadas, apartamentos, casas, restaurantes, bares e lojas fecham as portas.

Chegando em Punta ficamos no Petit Château Hotel Boutique que estava com uma boa promoção no Booking antes da alta temporada. Conseguimos uma diária de menos de 100 doláres.

“EXCEPCIONAL! Pena que só ficamos uma noite. O café da manhã é um brunch delicioso, farto e que já deixa saudades. E neste quesito, arrisco a dizer que está na lista dos meus favoritos do mundo. E durante o dia se pode tomar um café ou chá com bolinhos, sem nenhum "custo extra.”

A localização da Pousada fica perto da Playa Mansa e do shopping e pudemos tentar dar um mergulho no dia seguinte.

Punta tem uma noite bem animada, com o maior Cassino da América do Sul. Mas confesso que não fomos muito noite a dentro além do primeiro giro e jantar, que começa depois da 20h na maioria dos lugares. Logo, logo fomos dormir no nosso quarto em frente a piscina.

5º dia

Pousada vazia e um banquete do café da manhã, que começa tarde, como tudo em Punta- das 9h às 12h, e depois fomos à praia já que fazia um dia lindo de sol. Animada que estava para um bom mergulho, depois de meses na Alemanha, me dei conta que não tinha NIGUÉM naquele mar azulzinho e manso. Parei e pensei , já com a água nas canelas- que estranho! Com um sol deste e o mar vazio? Dai que senti algo gelatinoso e sai correndo. Água viva, IMENSAS, MUITAS... Nunca vi algo deste tamanho e nessa quantidade...Pena que não fotografei. Depois de um pouco de sol, voltamos pra pousada que tem uma ótima piscina aquecida e um jardim com redes. Deixei marido por lá enquanto corri no shopping pra comprar um filtro solar e uma legging,( peguei muito vento e algum frio em Montevideo). Fiz uma mala econômica demais desta vez. Acreditem, me queimei de descascar com o sol e o vento frio.

Nos despedimos da pousada sem nenhuma pressa e fomos conhecer Punta de dia, seguindo o rumo do Rio até depois que ele vira mar, onde o luxo e a natureza se encontram.

Um marco-

O fim do Rio da Prata e o início do Oceano Atlântico fica na divisa de suas duas praias mais famosas, Playa Mansa e Playa Brava. Tem até um monumento marcando este “encontro”.

Los Dedos-

Na saída da cidade visitamos os “points” turísticos. Gosto da expressão ” O homem emergindo à vida”, O Monumento ao Afogado (Monumento al Ahogado), também conhecida como, Os Dedos (Los Dedos), a mão que sai da areia na praia Brava é um dos monumentos concorridos desde 1982, vá cedo antes dos turistas chegarem, Em Punta todos dormem até mais tarde. A noite é longa. De qualquer forma é preciso uma certa dose de paciência pra tirar uma foto tipo esta, com pouca gente. O povo adora se pendurar nos dedos...

José Ignácio-

Fomos curtindo pelo litoral, a Ruta 10, e paramos para dar uma volta em José Ignacio uma espécie de balneário rústico de charme e mais chique ainda a apenas 40 km de Punta. Esta pequena vila de pescadores é um lugar de casas sofisticadas e muito luxuosas ( e de valores estratosféricos) com lojas exclusivas, onde todos fazem ponto para serem vistos. O farol é o cartão postal local. É uma espécie de Búzios elevado a enésima potência, mas sem a exuberância das praias desta. Nada contra, mas prefiro os “luxos” mais autênticos e quase prives.

Laguna Garzón-

Seguimos depois então até a Laguna Garzon, 20 minutos na divisa departamento de Maldonado com Rochas e nosso próximo pernoite. Esta área é considerada um paraíso para os amantes do ecoturismo e só se pode chegar de carro. Mais nossa praia.

Por escolhi pernoitar aqui? Viajar pra mim é muito mais do que ir de um lugar para outro. É a minha forma de rever horizontes, valores, experimentar algo novo, me sentir parte da natureza e me renovar. Este mergulho no Uruguai começou pela capital e sua história, passando pelos destinos mais badalados e luxuosos daqui e se aventurando nas áreas de proteção ambiental e pequenos paraísos quase exclusivos. Tudo sem gastos exorbitantes, com uma dose de aventura, charme e conforto no pacote.

A Laguna Garzón é uma experiência distinta. Pense o que é se hospedar num quarto flutuante numa lagoa preservada que tem o mesmo nome, e que da rede do seu deck, se pode ver o pôr-do sol. Um bom sinal descobrir no check in, que o último catálogo da Richards foi fotografado lá.

Minha intuição me leva à algumas preciosidades. É um rústico com total conforto e um charme pra lá de especial. Pra quem procura algo único, um paraíso isolado e superrrr romântico, Laguna Garzón Lodge é O lugar.

Vale se perder num bom papo com a simpática proprietária. O preço da diária, um pouco mais elevado do que as outras hospedagens até aqui, são menores do que o da vizinha José Ignácio. Uma dica, entre em contato direto e negocie a sua diária, pode ser mais em conta que nos sites, ok?

Como fomos antes da alta temporada, a pousada não estava com seu restaurante funcionando e nos indicaram para jantar o La Olada-Um dos melhores restaurante desta viagem ao Uruguai. Ótimo atendimento, lindo lugar, super charmoso e romântico, um achado que fica bem escondidinho e só se chega de carro pois fica em La Juanita, uns antes da rótula de José Ignácio.

O La Olada incorpora a vibração casual-chique de José Ignacio, tem uma horta orgânica e os produtos são frescos mas a estrela da casa fica por conta do clima que a lareira, a fogueira, a luz das velas e o forno de argila emanam, dando um aconchegante brilho ao lugar. Do assador saem as carnes grelhadas e peixes, do forno o pão cozido, massas caseiras, pizza…e para acompanhar, é claro, um bom vinho Uruguaio.

6º dia

Depois de dormir balançando no nosso quarto flutuante, acordamos cedo, aproveitamos um pouquinho deste paraíso e partimos. Tínhamos uma aventura pela frente, um encontro com um dos lugares mais isolados e mágicos do Uruguai- Cabo Polonio nos esperava. Conto lá, no próximo e último post.

De Cabo Polonio para Pelotas- descobertas destes 8 dias por terras gaúchas

E siga a gente no Facebook, Instagram e Youtube. Acesse e se divirta com as nossas histórias.

#SonairaDÁvila #Uruguai #SeuLugar #dicas #Montevideo #JoséIgnacio

18 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle