• naravidal

Dificuldades dominicais

Atualizado: 28 de Dez de 2019


Eu aqui de Londres, sobre as minhas dificuldades dominicais. E o seu domingo? Hoje eu acordei com a certeza absoluta de que preciso voltar a morar no Brasil. Não que isso seja uma novidade. às vezes acontece. Confesso que cada vez menos. Gosto daqui. Mas existe o contraste que me força a fazer escolhas e eu não sou muito boa na hora de ter que escolher. Hesito, pondero, hesito de novo. É que aí tem muito sol e barulho. Aqui tem muito frio e silêncio.

Mas aí tem mosquito aos domingos zanzando no ar pesado e úmido. Como eu detestava os domingo aí! Domingos têm gosto de resto, de derrota, de ar parado, de sol na cabeça e nos olhos, de dor de cabeça por causa do sol nos olhos, na cabeça, fracasso, tudo parado. Também detesto festa forçada. "Oba, é domingo! Vamos ser felizes, reunir a família, comer, beber e cochilar." Eu gostava de ir à casa da minha avó de segunda à sábado. Não aos domingos. Os outros dias eram felizes porque eram verdadeiros, cheios de alegria, melancolia, dificuldades, risos altos. Tudo de verdade! Carnaval também é assim: uma festa obrigada. Aos domingos,desenhar a linha entre a bananeira e a mangueira que, por erro de plantação, cresceram coladas, era o que tinha pra levar até a segunda com ares de novidade, fresca, promessa, mais uma chance. Foram eles, foram os domingos que me me botaram pra correr.

E quais são as suas dificuldades dominicais.? Aproveito para desejar-lhes, a quem ainda estiver por aqui, um bom dia!

Imagem: Google

#Inglaterra #NaraVidal #Londres

3 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle