• Do Rio pra cá

Surfar outras ondas


Australia! Às vezes estou andando pela rua, observando as mil lindas cores do céu australiano e nem acredito que realmente estou por aqui. Um sonho que parecia tão distante, aliás, literalmente bem distante, são mais de 20 horas de viagem para chegar na Austrália vindo do Brasil. Bom, por que Australia? Acho que é impossível você pegar onda e não pensar na Austrália. Por aqui o país respira surf, todo mundo pega onda, do vovô ao netinho, as belezas naturais são incríveis e por aqui você pode encontrar todos os tipos de ondas e praias.

Se o clima é um fator parecido com o Brasil, as diferenças culturais são bem interessantes. Por aqui, você ser assaltado nas ruas não é "normal" como no Brasil, mas tubarões na água não são tão assustadores como são pra gente que não é nativo daqui. No dia do meu aniversário desse ano, dia 30/03, tive a minha primeira experiência de ver uma barbatana bem perto, eu saí da água correndo, dois australianos também, mas muita gente continuou na água, isso foi bem diferente pra mim. Se você pratica ou é pelo menos simpatizante do Surf, seus olhos já se voltam para a Austrália todo ano no fim de fevereiro ou início de março, quando recomeça o circuito mundial de Surf. O circuito termina em dezembro no Hawaii, nas famosas ondas intensas de Pipeline e Backdoor e recomeça fevereiro ou março por aqui, nas famosas direitas de Snapper Rocks. Após um período de férias, já está todo mundo querendo ver e saber quem vai recomeçar ou começar (se for um estreante) a temporada ganhando a primeira etapa, quem são os estreantes, quem ficou de fora, quem evoluiu no período de férias e está com o surf mais power, etc...

É o momento de ter uma certa ideia do que vem por aí em mais uma temporada. Tudo isso começa aqui, no país do surf. A pequena cidade da Gold Coast recebe além dos atletas, turistas de todo o mundo interessados em curtir o show dos surfistas profissionais e, é claro, as festas que ocorrem em consequência do campeonato. Em dias de campeonato o comércio local fica mais busy, então os donos de estabelecimentos também amam o QuickSilver e Roxy Pro. O life style da Costa Dourada envolve muito surf, atividade física ao ar livre, dormir cedo e acordar mais cedo ainda. As famílias curtem muito ir pro surf junto e fazer um "barbecue" em algum lindo gramado pra curtir os dias de folga. O comércio aqui fecha cedo. É basicamente uma típica cidade pequena totalmente ligada ao surf e a qualidade de vida.

Desde que comecei a pegar onda, aos 15 anos, sempre tive esse sonho de morar um tempo por aqui. Surfar outras ondas, aprender outras línguas e viver outras culturas são coisas que me encantam muito e que fazem eu me sentir apaixonada pela vida. Sou Educadora Física no Brasil, amo minha formação e estou cursando aqui o curso australiano para poder exercer meu trabalho por aqui também. Apesar do sedentarismo e obesidade serem um problema na Austrália também, observando apenas a cidade da Gold Coast, podemos encontrar uma boa rotina de qualidade de vida, alimentação, esportes e atividade física no geral. Todo dia aprendo uma coisa nova por aqui e espero poder compartilhar tudo isso com vocês.

See you soon!

#Austrália #CarolinaMiranda

0 visualização

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle