• Do Rio pra cá

Sou do Rio!


Fotografia de Fabrizio Bensch/Reuters

As Olimpíadas acabam e já deixam uma forte mistura de sentimentos: saudade, orgulho, alegria.
Quis parar pra escrever mas confesso que terei dificuldade para organizar tantos pensamentos, pois é muita coisa diferente rolando, mas vou tentar.
Primeiramente que loucura ver minha cidade todos os dias na televisão australiana.

Fotografia de Bryn Lennon/Getty Images

Nascida e criada em Copacabana, meus olhos brilharam vendo algumas provas passando do ladinho (literalmente) de casa.
Eu não sou o tipo de brasileira que veio morar na Austrália pra falar mal do Brasil e do Rio, pelo contrário, sou a carioca chata que tá muito feliz e grata por estar vivendo esse momento aqui mas que sente saudades e orgulho da cidade em que nasceu. 
Fico indignada como todo mundo, com as coisas ruins do nosso sistema brasileiro mas tenho que admitir que viemos sim, do melhor lugar do planeta. Fiquei que nem criança boba na frente da TV, apontando para os meus amigos "eu moro aqui", "meu irmão mora aqui", etc.


Sim, foi estranho estar longe nesse momento histórico. 
Logo eu que sou apaixonada por esporte e sempre estive aí, no mesmo bairro, durante 26 anos da vida antes de vir pra cá, preciso confessar que foi um teste para o coração assistir esse momento de tão longe, com o fuso todo ao contrário. Mas mais do que estranho, foi lindo de ver! Que cidade linda! Que orgulho de falar "Sim, eu vim dali!".

Fotografia de Robert Beck

Não nos esquecemos dos problemas por que estamos passando durante essas duas semanas, e nunca vamos esquecer, mas independente de que "lado" você está, pra que time você torce, que partido você defende ou qualquer outra coisa do tipo, é hora de nos unir e dizer que fizemos bonito. 
A verdade é que nosso país, nossa cidade são danados demais. 
Estava tudo atrasado, momento político louco, um evento desse porte nas costas e nós fizemos! E como fizemos! Foi inesquecível!


Além do evento em si, ver minha família e amigos indo assistir aos jogos, curtindo as festas, os eventos, se divertindo com o momento, foi sensacional também. Deu muita vontade de estar junto, mas pude vibrar de longe e curtir do jeito que dava usando as redes sociais.
E falando um pouco de Austrália nos jogos, o início foi meio tenso, a delegação teve problemas na Vila Olímpica, nosso prefeito fez piada infeliz com canguru, confesso que pensei "o que será que vem por aí?", mas no final deu tudo certo, e diga-se de passagem, quem no noticiário australiano deu um certo vexame foram alguns atletas deles e um nadador americano. O que na verdade tirou um pouco do "karma" das nossas costas.

Fotografia de Clive Mason/Getty Images

Mas isso é só um detalhe! 
O que importa é que a Olimpíada mal se foi e já estou com saudade! Saudade desse mix delicioso que foi ver os jogos serem sediados em casa com essa torcida quente, animada e apaixonante que só o carioca e o brasileiro sabem fazer. Que venham agora os Jogos Paralímpicos com esses atletas incríveis, grandes exemplos de superação! Só tem fera que merece nossa torcida e respeito da mesma forma que fizemos até agora! 
Ps: eu dou risada sozinha na rua lembrando do momento em que tocaram a música do Egito do É o Tchan, no jogo do vôlei de praia. Somos únicos galera!

Que tenhamos um momento pós Olimpíadas melhor do que estávamos vivendo antes, que os jogos deixem um legado muito bom para nossa Cidade Maravilhosa e que nossa casa continue linda, arrumada e cheirosa mesmo depois das visitas irem embora! 
Um beijo de quem tá longe mas sempre torcendo pra que tudo fique melhor!!!


Porque eu sou do Rio, pro mundo.
Mas primeiramente, sou do Rio!

Fotografia de Robert Beck

#Austrália #CarolinaMiranda #Brasil

0 visualização

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle