• Do Rio pra cá

A Bahia de Saint-Exupéry

Atualizado: 5 de Out de 2019


OI, como já contei aqui pra vocês, como vim morar num veleiro, fazendo o que sempre sonhei.

No verão, navegamos de Salvador para conhecer o Estuário de Maraú, o famoso "braço de mar" baiano formado pela desembocadura e encontro dos rios Maraú e Camamu.

Ancoramos em local abrigado dentro da Baía de Camamu e saímos de bote para passear... nosso caminho nos levou a conhecer o Chez Petit Bahia Restaurante e Pousada do casal mais que hospitaleiros Patrícia & Ricardo e fomos recebidos de braços abertos!

Eles assumiram o antigo Sítio Sabiá com muito bom gosto, charme e simpatia. A decoração conta com frases e imagens do livro O Pequeno Príncipe, buscando recontar a passagem do aviador Antoine de Saint-Exupéry no Campinho, um lugarejo da Península de Maraú, que recebeu este nome por causa dos pequenos campos de pouso existentes aqui na época da 2a. Guerra.

No dia seguinte, mudamos nosso ancoradouro e ficamos em frente ao Píer do Chez Petit e desfrutamos de todo o apoio que nos ofereceram, como água, banho quente, boa comida, wi-fi e um porto seguro para nós e nosso veleiro. Muito mais do que apoio, ganhamos novos amigos!

No final do verão no hemisfério sul, deixamos o nosso Veleiro Alforria no Aratu Iate Clube e fomos passar uma temporada na Europa e voltamos com muitas saudades do mar da Bahia!

Rumo à Baía de Camamu

Preparamos o nosso Alforria e acabamos de zarpar da Baía de Aratu na maré vazante.

O resumo do meu turno de navegação foi com algumas estrelas cadentes e dois pirajás, ventos típicos do nordeste brasileiro, que vêm em rajadas fortes, nem sempre na mesma direção e geralmente carregados de chuvas, são passageiros e emocionantes!

Com ventos de Sudeste entre 15 e 18 nós, a navegação foi o tempo todo na vela e mais rápida do que o usual. Nosso destino? De volta ao @chezpetitbahia!

Chegamos no dia dos namorados, comemoramos com um jantar caprichado, vinho francês e uma noite estrelada!

E nos remetemos à história do romance de uma nativa com o aventureiro Saint-Exupéry.

Por aqui, contam que Onília usava seu melhor vestido, como as meninas da cidade, para passear com o escritor francês.

Naquele tempo, havia nas terras do Sítio Sabiá uma pista de pouso de areia para aviões pequenos e uma casa, onde funcionava a base de apoio para os aviadores.

Havia também uma escrivaninha de madeira e baixa devido ao seu pequeno tamanho, que Saint-Exupéry mandou fazer e onde gostava de escrever.

Saint-Exupéry classificou esse pedaço da Bahia como local para descanso e grandes amores.

Na nossa aventura, chegamos neste pedaço maraústico por mar que consideramos de uma incrível beleza natural com brisa agradável e estamos curtindo nossa passagem com o mesmo ritmo lento que a vida tem por aqui.

Sobre mim: Sou mãe, esposa, sagitariana feliz, tenho 43 anos e nasci no Rio de Janeiro. Graduada em Administração de Empresas na UFRJ, pós-graduada em Finanças no Ibmec e Gestão Ambiental na UFRJ, fui bancária por 20 anos. Hoje, eu moro a bordo de um veleiro fazendo o que sempre sonhei, viajar por ar e por mar! Criadora do Projeto Alforria, gosto de gente sincera, da cor azul, navegar e escrever! 🌺⚓🐬

#PaulaMonteAlto #Alforria #Maraú #Morarnumbarco #SaintExupéry #Bahia

0 visualização

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle