• Sonaira D'Ávila

Visby, uma viagem medieval na Suécia

Atualizado: 5 de Out de 2019


Férias são uma excelente oportunidade de sair por ai e descobrir novos mundos. E quando se tem família em cantos lindos desse mundão, a gente tem uma desculpa perfeita pra embarcar literalmente em um outro tempo. E lá fomos nós... Nosso destino? Visby, uma viagem medieval na Suécia, uma cidade do século X, na ilha báltica de Gotland.

Pense numa cidade encantadora. Pois esta é a palavra EXATA pra Visby que fica distante de Estocolmo 45 km e é acessível por via aérea e ferry. Fomos de ferry, embarcando em Nynäshamn e depois de 3 horas de viagem avistamos Visby. A cidade tem mais de 200 casas de pedra medievais, e tinha mais igrejas do que qualquer outra cidade na Suécia - quinze dentro das muralhas e duas no exterior. São ruínas de igrejas góticas deslumbrantes, vielas, muralhas e torres, que se misturam com as casinhas vermelhas típicas sa Suécia e toda uma atmosfera que me fez madrugar para ver a cidade vazia.

Descobrir a pé a cidade pelas ruas de paralelepípedos é a certeza de acabar com as baterias do celular, e câmeras e mergulhar num livro de histórias rumo a outro mundo.

E o melhor, em Visby acontece o maior festival medieval do mundo- o Medeltidsveckan ... Medeltidsveckan.

Olha que pretexto bom pra embarcar nesta trip.

Sobre Visby

Visby é classificada pela UNESCO como cidade Patrimônio da Humanidade desde 1995 e tem uma das muralhas de cidade mais bem preservadas do mundo.

As Muralhas de Visby (em sueco Visby ringmur ou Ringmuren, que significa algo como "muro em anel”) são um muro militar defensivo medieval construído nos séculos XII e XIIl com de 3,6 km de extensão e 11 metros de altura e que cercam a cidade antiga de Visby.

Disputado centro comercial

O crescimento da cidade portuária de Visby no séc Xll por conta do dinamismo do comércio marítimo entre as cidades Bálticas e a Liga Hanseática (uma aliança de cidades mercantis alemãs que manteve um monopólio comercial sobre quase todo norte da Europa e Báltico entre os séculos XII e XVII), fez sua fama como uma rica cidade multicultural independente, o que levou à disputa pelo comércio do Mar Báltico entre Dinamarqueses e Gotlândicos.

A batalha de 1361 resultou na ocupação dinamarquesa que dizimou os camponeses. Um tesouro fúnebre em armaduras medievais é o resultado do maior enterro em massa de cadáveres com as suas armaduras preservadas até aos dias de hoje. Basta uma visita ao Museo Histórico de Gotland para se ver o fantástico acervo.

Em 1645, a Gotland tornou-se sueca depois de 300 anos de ocupação. E durante este período foi o paraíso dos piratas, o que levou a cidade ao declínio e abandono.

Pois é neste cenário que acontece a “imersão” do Medeltidsveckan o maior festival medieval do mundo

O Medieval Week, a Semana medieval simplesmente Medeltidscekan acontece em Visby de 5 a 12 de agosto. Durante este tempo, Visby se torna mais uma vez a capital do Mar Báltico e o centro da Liga Hanseática.

Medeltidsveckan-O festival

Durante uma semana, a cidade mergulha no "túnel do tempo”: moradores, visitantes e artistas recriam uma vida medieval vestidos em trajes medievais. Um programa divertido pra fazer com amigos e toda a família. As crianças amam.

A semana começa com uma parada, um desfile pela cidade em que todos os participantes dos eventos desfilam se apresentando para o público que os segue pelas ruas. E lá fui eu...

Experimentei um dos maiores festivais históricos do mundo, com música medieval, teatro, contação de histórias, mercado medieval, artesanato, torneios, palestras, concertos em igrejas, espetáculos em ruínas, cursos...

O festival começou em 1984 e desde então se transformou em uma atração turística popular. Dá pra imaginar, né? Este ano são mais de 500 eventos gratuitos e pagos.

Uma mistura mágica de história e lenda, num cenário de conto de fadas.

Durante o festival, se pode reservar tendas autênticas ou modernas para uma pessoa sozinha, passar as noites com outras pessoas em tendas militares maiores ou pavilhões medievais.

Nós ficamos hospedados no centro histórico num charmoso hotel na rua principal, perto do portão onde o desfile medieval de abertura do festival acontece- o Hotell Villa Borgen.

Mas a ideia das tendas me agrada, quem sabe numa próxima.

Existe um mercado medieval que é o coração do festival, onde se pode ver artesanatos de couro medieval, armaduras, cerâmicas, jóias, roupas, comidas...

Quando você se aproximar do mercado, você ouvirá o martelo do ferreiro, sentirá o cheiro dos temperos e comidas e verá uma multidão de pessoas vestidas em trajes medievais passeado e fazendo refeições em tendas.

Aqui você vai entender facilmente onde esta a alma do festival.

O mercado fica bem pertinho das muralhas a beira mar. Eu aproveitei este verão fora do normal por aqui e dei um mergulho no mar Báltico. Minha primeira vez num mar que NÃO é salgado. Confesso que estranhei.

O evento mais esperado e mais popular da Semana Medieval é o torneio onde os melhores cavaleiros do país lutam e competem em uma performance incrível, acompanhada por escudeiros, arqueiros e bobos. É um evento pago e não deu tempo de assistir. Também não vi o encerramento quando é encenada uma reencenação da invasão de Valdemar Atterdag. O rei cavalga pela cidade para saquear a riqueza das pessoas da cidade. Ano que vem com certeza tenho que voltar!!!

Ficamos 3 dias, e juro tem que ficar mais para aproveitar a cidade, a ilha e o festival de dia e de noite.

Aliás, é de noite que você realmente se transporta para um outro lugar.

Estive em duas tavernas medievais com música, comida e todos a caráter à luz de velas. Me senti dentro GOT (Games of Thones) onde eu estava sem o figurino correto.

Medeltidsveckan significa a chance de se mergulhar num universo cercado por um cenário inacreditavelmente real e divertido e desfilar pelas ruas como cavaleiros, camponeses, reis e rainhas e comer, beber e dançar pela cidade! O festival é uma maneira inigualável de experimentar a história mas com todos os confortos do século XXl.

Acabei de chegar na Alemanha com tanta foto e vídeo que dá pra fazer uma série e já estou providenciando o figurino pra embarcar nesta viagem medieval em Visby, na Suécia, por completo ano que vem.

Bora fazer um grupo?

E se se animar, confere mais esta curiosidade da Suécia por aqui. E até a próxima ...

#Viagemmedieval #MedievalWeek #Visby #Suecia #Medeltidscekan #dicas #SeuLugar #SonairaDÁvila

30 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle