• Sonaira D'Ávila

6 razões para visitar Viena

Atualizado: 5 de Out de 2019


Existem cidades que são ícones e nos tocam com sua história por onde andamos. Minha irmã , que mora em Stockholm, veio nos visitar na Alemanha e resolvemos fazer um programa família no verão europeu, passado 3 dias em Salzburg e 4 dias na capital Austríaca . Já estive outras vezes por aqui, mas minha irmã não. O que fazer em Viena? Ela me perguntou e eu lhe mostrei as minhas razões para visitar Viena. De novo!

A grandeza imperial de Viena é o legado da poderosa monarquia dos Habsburgos. A capital Austríaca é conhecida como a Cidade da Música e tem uma herança musical que impressiona. A cidade respira qualidade, design, moda, arte e tradição... Viena é CHIC, é POP, é TOP. E CARA. Para ser apreciada por todos os sentidos pelo menos uma vez na vida.

Enfim, Viena!

Nosso primeiro dia começou cedo. Saímos da fronteira da Alemanha e seguimos para pegar o tem em Salzburg que saia antes das 10 horas. Assim que chegamos em Viena, comprarmos nosso tickets de transporte público no guichê de informação turística e fomos dar entrada no nosso AirBnB. Sem malas estávamos mais livres para descobrir a cidade. Este era o plano e nosso primeiro destino: a Catedral de St. Stephan, bem no centro. De certeza só tínhamos que

1-Ver a catedral - Der Stephansdom

Domkirche St. Stephan de Viena, Catedral de St. Stephen, fica na Praça de Santo Estêvão bem no centro da cidade. A primeira igreja foi concluída em 1147, a atual forma românica e gótica da catedral, foi construída sobre as ruínas de duas igrejas anteriores. É o mais importante edifício religioso em Viena. Magniífico.O prédio tem 107 metros de comprimento e 34 metros de largura. A catedral é um dos edifícios góticos mais importantes da Áustria um dos mais altos do mundo. No geral, a Catedral de St. Stephen tem quatro torres: a mais alta é a Torre Sul, com 136,4 metros. Uma dica, suba até a torre no final do dia para ver o por do sol e a cidade lá de cima.

Saímos da Catedral direto para o Restaurante Figlmueller. Um ícone da gastronomia Austríaca. E o melhor, chegamos depois das 15h e estava sem filas.

Desculpem a foto desfocada, foi a emoção

2-Comer um Schnitzel no Figlmüller

Esta pequena casa de 1905, é o lugar para se conversar, comer e beber e fica bem atrás da Catedral de Santo Estêvão.

O Schnitzel Figlüller de fama internacional é um dos embaixadores culinários de Viena. Uma atração para quem procura um "clássico" da gastronomia Austríaca. Um Schnitzel ( espécie de bife a milanesa) aqui mede cerca de 30 centímetros é muito fino. O clássico é feito de 250 gramas de lombo de porco. Tem outras opções como os de frango e peru. Um evento! Imagina qual foi o nosso almoço?

E logo depois saímos para um passeio pelo centro sem pressa.

3-Andar pela cidade a pé e esbarrar com a História da arte a cada esquina

Se perder pelas ruas do centro histórico e descobrir a cidade. já falei aqui que este é um dos programas que gosto. Os pontos turísticos do centro histórico se localizam dentro do Ring, uma grande avenida circular.

A cidade de Viena é um lugar especial para se deparar com uma diversidade de edifícios arquitetônicos ,do gótico, passando pelo barroco clássico , a magníficas construçoes Art Nouveau e outras super modernas. Tem para todos os gostos. Uma atenções especial aos tetos e telhados dos edifícios. Olhem para cima e aproveitem este belo tour urbano. O centro histórico de Viena é um dos Patrimônio da UNESCO. Uma Meca para os apaixonados por Arquitetura.

Levamos dois dias passeando pela cidade, com uma pausa aqui e outra ali.

4-Beber um café num dos Patrimônio Cultural e Imaterial da UNESCO

Não se engane, a cultura do café é uma das tradições vieneses. A cidade tem diversos cafés super tradicionais, famosos e bem turísticos.

Os cafés fazem tanto parte desta cultura que até são Patrimônio Cultural e Imaterial da UNESCO.

Título que a nossa Paraty recebeu agorinha. Se puder se programe para um tour pelos mais badalados.

No nosso caso, escolhemos o mais famoso deles para a sobremesa logo no primeiro dia.

Demel -o famoso ponto de encontro popular entre a aristocracia e a burguesia vienense foi fundada em 1786 com os seus salões em estilo rococó. A tradicional confeitaria Demel era a responsável pelos doces e tortas da monarquia no Hofburg , o palácio que fica a poucos metros do local .

o Hofburg contratava também funcionários e utensílios de mesa da Demel para ocasiões especiais, como bailes e festas. O interior do Demel é decorado em estilo neo-rococó com madeira de mogno e espelhos. Uma curiosidade, desde a época da monarquia , o serviço é sempre feito por mulheres que usam um vestido preto com um avental branco. São as Demelinerinnen.

5-Visitar os Palácios

Os Palácios dessa cidade Imperial são magníficos e o ideal é visitar um por dia. E com calma, mergulhe na história.

Palácio Imperial de Hofburg

O Palácio Imperial de Hofburg, o Hofburg em Viena foi a residência dos Habsburgos do século XIII até 1918 e era parte das fortificações da cidade com torres de defesa e fosso. Desde o final de 1946, tem sido a residência oficial do Presidente Federal da Áustria.

Um passeio no Hofburg é um passeio pela história da arte: extensões de diferentes eras, desde o período gótico da Idade Média, aos Interiores contemporâneos do século XXI .

Uma curiosidade, a Primeira Imperatriz do Brasil, a arquiduquesa Leopoldina da Áustria em 1797, nasceu ai.

Palácio de Schönbrunn / Schloss Schönbrunn

Um dos principais monumentos históricos e culturais da Áustria é uma das principais atrações turísticas desde o século XIX. o Palácio de Schönbrunn ou Schloss Schönbrunn, datado de 1638 é chamado também de Palácio de Versalhes de Viena. Chegando ao local compre seu ingresso com hora marcada para o tour dentro do Palácio e vá passear no Jardim que tem entrada livre e merecem ser curtidos com calma. Palácio e Jardim fazem jus ao título de Património da Humanidade pela UNESCO . É ali nos jardins se localiza o Tiergarten Schönbrunn, o mais antigo jardim zoológico do mundo. É possível passar praticamente o dia todo por aqui.

Para repor as energias, vá ao ótimo restaurante Café Residenz e coma a melhor apfelstrudel (torta de maça) da sua vida. E se tiver tempo e paciência ainda pode ver o show ou fazer uma aula de strudel . Nós tentamos mas a fila de espera era monumental.

6-Escutar música em diversos locais

Aqui é capital mundial da música onde ela flutua no ar...Diversos compositores renomados viveram aqui mais do que em qualquer outra cidade no mundo. Pois então se programe e se inspire com um dos eventos da agenda cultural desta cidade única!

Nós assistimos um nas ruas. Literalmente, Viena é um show!

Nosso programa família foi fluindo conforme nossa disposição de enfrentar o calor ( verão sem ar refrigerado na maioria da Europa, ok?) Nosso melhor roteiro foi não ter roteiro e seguirmos deixando este Patrimônio Cultural e Imaterial da UNESCO nos ganhar sensorialmente.

Auf Wiedersehen Viena!

Quer acompanhar nossas histórias pelo mundo? Então passa lá na nossas páginas no Facebook,Instagram,YouTube.​

#Viena #Áustria #SonairaDÁvila #Dicas #SeuLugar #OquefazeremViena #PatrimônioMundialdaUNESCO #PatrimônioCulturaleImaterialdaUNESCO

0 visualização

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle