• Sonaira D'Ávila

Alemanha, Páscoa na primavera de uma pandemia


Alemanha
A primavera enfeita as ruas, a vida e a alma. (Foto: Wix)

Minha temporada brasileira neste 2021 está se estendendo. Questões de família, obras em casa, acertos burocráticos e, claro, a presença desse vírus que insiste em ficar entre nós têm me mantido em terras brasileiras.

Consegui, aos trancos e barrancos, até tirar alguns dias de descanso fora do Rio antes do aumento de casos da Covid-19 e sem aglomeração. Se quiser conhecer minhas dicas é só acessar esse link.


Mas, não deixo de pensar todos os dias como será a Semana Santa (die Heilige Woche) e a Páscoa durante a pandemia na minha amada Alemanha. Essa é uma época linda no país. A Páscoa é um importante evento para o calendário cristão que une uma forte tradição religiosa e costumes pagãos. É tempo de renovar a esperança.

Cerejeira em Potsdam, Brandemburgo
Que maravilha essa cerejeira em Potsdam, Brademburgo, no parque Neue Lustgarten (Foto: Deutsche Welle)

Além disso, essa época do ano, início da primavera, é um momento em que o sorriso volta, a alegria reaparece, a vida ressurge nas árvores, nos campos floridos, nos pessoas.

Parque Georgengarten, Hannover
Um mar de flores azuis no parque Georgengarten, Hannover ( Foto: Deutsche Welle)

Na Alemanha, assim como, em todos os países europeus, as quatro estações são muito bem definidas. Quando o sol passa no equinócio da primavera, a cada dia 20 de março e os dias começam a ficar mais longos e iluminados, renasce dentro da gente uma esperança indescritível. É maravilhoso.


Nesse ano, no entanto, ainda temos, todas os detalhes por causa da Covid-19. A primeira-ministra Angela Merkel em entrevista à emissora pública ARD neste domingo, 28 de março, após uma semana bastante turbulenta, ressaltou que os estados alemães devem fazer mais para combater o coronavírus e criticou o fato de as medidas adotadas pelos governos estaduais divergirem umas das outras” (Deutsche Welle). Há muita turbulência política, a vacinação está lenta e há um processo de confinamento até o dia 15 de abril.


“Entre as medidas previstas no mecanismo está a imposição de limites às reuniões sociais. Só ficam permitidos encontros com uma pessoa de outra residência, contando-se também as crianças de menos de 14 anos. Além disso, as máscaras cirúrgicas passam a ser obrigatórias até mesmo em veículos particulares, e não apenas no transporte público”. (Deutsche Welle).


De fato, quero mesmo ver como os alemães vão dar conta dessa fase difícil das vidas não só deles, mas de todos nós durante a Semana Santa (die Heilige Woche) e da comemoração no Domingo de Páscoa (Ostersonntag). Existem algumas curiosidades dessa época na Alemanha que quero contar pra vocês. Destaco duas delas das quais gosto muito.


Osterbaum em Pomerode (acervo pessoal)

  • Enfeitar as casas, as praças, as ruas com as cascas de ovos coloridos. No galho da Osterbaum, árvore de Páscoa são colocadas cascas de ovos que são pintadas e coloridas pelas famílias. Simbolizam a alegria da vida que significa a Ressurreição. O ovo significa que há vida dentro dele e dali ela brota. A Páscoa é vida, ressurreição, esperança e alegria. Em Santa Catarina, existe esse costume mantido pelas famílias de origem alemã.


  • Como os ritos pagãos se unem à tradição por toda Alemanha, grandes fogueiras são acesas e queimam na Páscoa. É tempo de lembrar de Ostera, no alemão antigo, (ou Ostara) é a Deusa, que segura um ovo em sua mão e observa um coelho, símbolo da fertilidade, pulando alegremente em redor de seus pés nus. A Deusa da Aurora, era celebrada na chegada do equinócio da Primavera e carregava os símbolos de uma nova vida .



Espero, do fundo do coração, que todos nós possamos passar essa semana e a Páscoa pensando na renovação que essa data nos proporciona.

E como os coelhos, possamos sair das "tocas" e deixar a vida brotar...


Feliz Páscoa ou Frohe Ostern Leute!


Veja também o que o nosso time anda fazendo pelo mundo afora no Facebook e no Instagram.


79 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo