• Sonaira D'Ávila

As praias mais lindas do sul da Bahia e sem aglomeração

Atualizado: Jun 23


Sou viciada em mar/acervo pessoal

Faz 10 anos que vivo as metades, meio ano Alemanha e meio no Brasil Todo ano quando volto da Alemanha em Dezembro, eu e marido, fugimos para algum lugar na praia antes de começar a alta temporada nos trópicos. É quase como um ritual para nos aclimatarmos para a temporada Brasil.


São 19 anos que, religiosamente, exploramos a cada temporada, um pedaço deste belo litoral. Nós sempre buscamos destinos de praia do Brasil quase inexplorados e desertos.

Há muito já praticamos o distanciamento social, para nos sentirmos integrados e longe do agito da “civilização”. Neste tempo de pandemia este me parece o sonho de muita gente, não é mesmo? Férias numa praia só sua


Praia de Tabatinga, João Pessoa

Mais uma vez partimos para nossos dias de lugar ao sol, depois de termos passado uma temporada de lockdown light com o frio chegando na Europa. O que mais queríamos é estar livres, com pouca roupa...

É claro que uma experiência segura de desconfinamento requer alguma logística e deslocamentos que nem sempre são simples e baratos. Mas compensam cada centavo!


Malas prontas, embarcamos para um destino que conhecemos e seguimos para um trecho novo. Optamos pelo maior celeiro de praias bonitas do país, sabe qual é?

Nossa escolha da vez foi retornar à Bahia com os seus 900 km de costa. E lá fomos nós de novo para Costa do Descobrimento, uma rota que amamos.

Posso afirmar que as praias mais lindas do sul da Bahia estão ali: Espelho e Corumbau. Passando no caminho pelo charme inigualável de Trancoso e Caraíva. Pra voltar muitas vezes.


Embarcamos para Porto Seguro que sempre teve os pacotes de viagem ( voo + hospedagem) mais baratos do país e por isso é um turismo de baixo custo super acessível e popular.

Logo, é bem mais difícil pensar em isolamento por ali.


O ideal é mesclar as facilidades de voos mais em conta com destinos mais exclusivos, usando Porto Seguro como base para chegar e sair.

Nascer do sol na Ponta do Corumbau/acervo pessoal

Chegamos por volta das 11h no aeroporto de Porto Seguro, seguimos direto via Uber até a balsa, compramos a passagem e atravessamos para Arraial d'Ajuda e pegando direto o ônibus para pernoitar no Quadrado em Trancoso. Trancoso fica a 47 km (via balsa) e 77 km (via estrada) de Porto Seguro, 28 km de Arraial d’Ajuda.

QUANTO CUSTA?

Uber- (R$ 15/20) até a balsa. Balsa - R$ 5 (por passageiro) pela travessia. Ônibus ou Van da Balsa x Trancoso, de hora em hora ou quando lotar a van +- 1h30 de viagem. A passagem R$ 13.

Transfer Porto Seguro x Trancoso- R$300


TRANCOSO

Igrejinha de Trancoso/acervo pessoal

Já estivemos em Trancoso diversas vezes, mas nunca dormimos numa pousada no Quadrado, a localização mais especial desta região, juro! Por ali no Quadrado ficam normalmente as pousadas, restaurantes, lojas mais exclusivas e mais caras, mas conseguimos uma simpática e pequena pousada com um custo-benefício show, Pousada Sol da Manha QUADRADO. Desembarcamos do ônibus por volta das 14h e um rapaz nos ajudou com as malas nas ruas de areia. Sempre levamos malas pequenas por ser bem mais fácil de se locomover. E aqui é fundamental.

Trancoso não é bem o sinônimo de isolamento, mas tem points bem marcados de agito. A simpática vilazinha fica bem vazia durante o dia e à noite fervilha.

Free images download/ Casinhas coloridas no Quadrado de Trancoso

O charme dali se resume ao famoso Quadrado: casinhas coloridas enfileiradas em volta de um campinho com uma igrejinha ao fundo, no alto da falésia.


Logo em baixo as praias dos Coqueiros e Nativos com suas barracas, quiosques , cadeiras, mesas, lotando a paisagem e uma multidão de pessoas que ali ficam por serem de fácil acesso.

As praias estavam bem cheias quando chegamos, nós nem descemos.


Nosso planejamento era caminhar na orla para podemos nos isolar longe dos points movimentados e aproveitar uma praia "particular". E é o que fizemos no dia seguinte.

Altar da Paróquia de São João Batista- a igrejinha de Trancoso/acervo pessoal

As exclusivas lojas abrem de 16h até às 23h e os restaurantes precisam de reserva depois de um certo horário.

Logo, nós optamos em aproveitar a vila durante o dia e fomos até assistir a missa na Paróquia de São João Batista- a igrejinha de Trancoso, nunca tínhamos feito isso. Para nossa surpresa recebemos uma benção do padre e foi emocionante. Em seguida saímos para jantar cedo e fomos dormir. Começamos bem nossas férias!

O Rio da Barra /acervo pessoal

E no outro dia seguimos de taxi para nossa estadia na praia, uns 4 km da Praça do Quadrado e do agito local de Trancoso no Rio Da Barra Villa Hotel. Mais uma experiência nova num destino conhecido.

Coqueiros no gramado do Rio da Barra Villa Hotel/ Acervo pessoal

PRAIA DO RIO DA BARRA – A melhor praia de Trancoso


Escolhemos a base para ficar 3 dias na praia do Rio da Barra , numa pousada pequena com nome de hotel, quartos de frente para um gramado, bar e restaurante que estavam funcionando durante o dia ao lado do Rio da Barra, que é lindíssimo e com zero agito.


Photo pixabay Praia do Rio da Barra

O melhor é poder caminhar pela longa faixa de areia para longe do restaurante da pousada e se estar praticamente sozinho por ali.

Chegamos e fomos direto dar um mergulho neste mar incrível. A praia é de tombo e com ondas , é preciso ter atenção. Almoçamos tarde na varanda do quarto.

Nós optamos de viajar sem carro e o nosso único inconveniente seria sair para jantar pois teríamos de pegar um taxi (ida e volta R$100,00), mas estávamos tão cansados que dormimos sem jantar.

A visão do Rio da Barra direto do gramado da pousada/ acervo pessoal

O bom foi poder acordar cedo, aproveitar a praia só nossa e a noite ver o alinhamento planetário do dia 21 de dezembro. Um céu lindo, meu Deus.

E só nós por ali.

As falésias de Trancoso na Praia da Tartaruga/ acervo pessoal

Caminhamos bem pela areia nos dias que se seguiram por ali e começamos a entrar no ritmo das ondas! Sem nenhuma pressa, aproveitamos a tranquilidade do local.

Estes dias foram um preparativo para o nosso presente de “Natal” que estava pertinho dali…

Transfer a postos e seguimos 28 km para o Espelho.

Só acompanhar amanhã o post pra entender a maravilha dos 4 dias que ficamos por lá.

Visão do Espelho do alto do Calá e Divino/acervo pessoal

Com a alta estação batendo na “trave”, começamos a voltar, saímos do Espelho no dia 25 de dezembro e foi bem mais difícil encontrar uma pousada em Porto Seguro.

Não tivemos problemas de reservas de pousadas em nenhum momento. Exceto o pernoite do dia 25 para 26 de dezembro. Para conseguir fechar o roteiro, nos hospedamos numa pousada simples em Coroa Vermelha e que estava bem cheia já.

Mas, foi possível nos mantermos distantes e retornamos sãs e salvos para casa.

Por do sol na Ponta do Mutá na Coroa Vermelha/ acervo pessoal

Conto num próximo texto como foi o reencontro com este era um espetáculo de praia.


Continuem nos seguindo também no Facebook e no Instagram e até breve!











23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo