• Do Rio pra cá

10 coisas que mudaram quando me mudei pra Lisboa


Bom quando eu descobri que a minha alma tinha sede de mudanças, de voos… tratei de planejar essa independência financeira e emocional com o tempo e o trabalho. Escolher e não ser escolhida requer coragem para arriscar e encarar as mudanças de dentro e de fora.

Nós Do Rio pra Cá conversamos muito sobre as 10 coisas que mudaram quando resolvemos abrir as asas e partilho a minha escala para Lisboa com vocês.

1. CONSCIÊNCIA DO TEMPO X SONHO X ESPAÇO

Perceber que ocupamos o espaço que temos. Não importa se é em Portugal, na Alemanha na China ou em Luanda… mas quando percebemos que a vida não tem volta, que vivemos como o tempo pois cada segundo é único... o medo e a insegurança desaparecem tendo apenas espaço para o frio saudável na barriga, aliás, é pra frente que se anda e é seguindo que se vive. As dificuldades sempre existirão , mas devemos nos manter fortes; só assim alcançaremos nossos objetivos. Cair e levantar sem vitimizar! Somos responsáveis por nossas escolhas e isso é lindo.

2. URGÊNCIA

Ganhamos urgência, mas não pressa, ao não deixar para amanhã o que posso e farei hoje.

3. DESBRAVAR

Andar sem medo com o mapa na mão, porque as chances de eu ser assaltada são mínimas e o não sentir medo nos faz ultrapassar fronteiras em todos os sentidos. E a possibilidade de viver dias únicos é infinita.

4. ETERNA APRENDIZ

Aprender diariamente coisas novas e perceber o quão formiga somos. Estar parado definitivamente não é a minha vocação. Me sinto no google map e desbravar tanta diferença cultural é o que me seduz e alimenta meu horizonte.

5. ENTREGA

Reconhecer que é realmente se doando que se recebe. O amor quando partilhado é devolvido. E isso são nas mínimas atitudes e escolhas. Tenho o Sorriso como Rota e religião. Sei errar, sei reconhecer sem vitimizar e mais… tudo isso com sorriso. Porque na dor também há beleza e renascimento.Se entregar e arriscar é para os fortes.

6. TEMPERATURA

Descobri que não nos custa muito espalhar gentileza e gratidão. Essa atitude eleva o termômetro do sorriso das pessoas. Vindo de um país tropical, onde o sol não tira férias... percebemos o quanto a temperatura interfere no humor de cada um. Concordam?

7. ORGANIZAÇÃO

Eu que sempre fui desorganizada, me organizei! Pois é...Milagres acontecem… ! e isso nos torna um pedaço (cheio e vibrante) dentro de um universo.Com a mudança de prioridade e necessidade, o “estar só” nos leva a olhar de frente para cada defeito que com a urgência vamos amadurecendo.

8. SENTIDOS

Lapidamos os 5 sentidos em cada experiência: a de um novo paladar e seus prazeres; a de um aroma que nos faz relembrar momentos inesquecíveis; a do olhar que descobre novas belezas e descobertas; a do som da música regional que traz uma nova cultura e conhecimento além de um idiomas e sonoridades; a do tato ao tocar em monumentos com anos de história e sentir vibrar aquela energia e plenitude… viajar é desbravar, descobrir, reciclar, perceber que o nosso movimento traz vivência e sobrevivência e isso nos torna um pedaço (cheio e vibrante) dentro de um universo.

9. AS 4 ESTAÇÕES

Até então pouco acentuadas no Brasil. passamos a valorizar mais ao sentir e apreciar suas fases e mudanças. Depois de ter experiências na Alemanha, Holanda, França, Portugal experimentei o prazer que é viver emocionalmente a diferença climática e tudo que ela nos provoca e inspira. Aqui em Lisboa, tenho as quatro estações acentuadas mas não exageradas. É lindo ver a nudez do outono, mais belo ainda é assistir a abundância das cores na primavera.

10. ORGULHO

Apesar de sentir a disponibilidade de não ser de lugar nenhum, e isso não posso negar que me dá muita liberdade, há algo que não discuto: o orgulho de ser brasileira!!!! Quando encontro brasileiros que saíram de suas terras em busca de um sonho, uma inquietude de querer mudar, gosto de saber da história, do motivo, das dificuldades, das glórias, da família, me interesso pela vida alheia… me dá uma alegria porque apesar de todos os problemas no nosso país, o Brasil é um berço saudável de talento, raça e coragem.

Sou brasileira e não desisto nunca de acreditar e de me emocionar com o: Nós!

#ÚrsulaCorona #Portugal

7 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle