• Do Rio pra cá

Uma viagem diferente na Alemanha e uma nova Dani

Atualizado: 5 de Out de 2019


A Alemanha…país que sempre me seduziu e onde já estive 3 vezes a serviço da minha profissão como engenheira na indústria automotiva, mas sempre na região do Rio Reno…eu não conhecia a linda Bavaria até então…até esta quarta ida a este país que tanto amo e que já me rendeu 2 namoros recheados de aprendizado e diversas amizades que preservo com carinho até os dias atuais… Eis que decidi finalmente realizar um breve sonho: tirar umas férias para estudar e ainda neste querido pedacinho da Europa...

Logo eu, engenheira química de formação…indo para a Alemanha durante as férias…não, não fui fazer um curso incrível de química, matéria dominada pelas indústrias alemãs com qualidade admirável…lá fui eu participar de um seminário de Constelação Familiar. O que é isso? Pois bem, antes de falar “disso”, contarei uma breve “historinha” a meu respeito…

Minha vida mudou quando em outubro de 2002 minha mãe faleceu de um enfarto fulminante e eu, que na época residia com ela e com meu pai; a vi falecida ao chegar em casa. Como sempre mantive a postura de “fortona”, a vida seguiu…aceitar terapias? Conversas? Choros? Ah… Não…eu era taaaaão forte…

Anos se passaram e em 2014, mergulhei no autoconhecimento intensamente e aí sim…chorei este luto, com propriedade e no meu direito.

Participei dos cursos de Leader Training 1 & 2, Re-birth; formei-me em Personal & Professional Coaching, em Programação Neurolinguística (master practitioner) e por fim, me apaixonei pela constelação e seus incríveis efeitos não só na minha vida, como na de muitas pessoas a olhos vistos.

Antes que você, leitor (a) pergunte e caso não saiba, constelação é uma tomada de consciência proporcionada através da piscoterapia nascida na Alemanha, cujo precursor é o Psicoterapeuta Bert Hellinger (com mais de 90 anos e felizmente vivo até hoje), que em uma missão na África e em muitos outros trabalhos observou o que hoje se denomina as 3 leis da Vida:

  • Pertencimento;

  • Ordem;

  • Equilíbrio ou troca.

Em Março de 2018, a Constelação foi oficialmente reconhecida pelo Ministério da Saúde do Brasil como Prática Integrativa & Complementar à saúde pública. Também foi implementada e tem sido cada vez mais abordada em processos jurídicos, o que se chama Direito Sistêmico.

Com uma platéia, a pessoa trabalhada (ou “constelada”, como dizemos) escolhe representantes que através da dinâmica da constelação irão revelar o que está inconscientemente causando ou o que está relacionado ao seu assunto ou problema abordado. Questões relacionadas à saúde, relacionamentos (de cônjugues, pais & filhos, irmãos, amigos e profissionais), vida professional & financeira, perdas, morte e muitos outros tópicos podem ser trabalhados.

É primordial esclarecer que constelação nada tem de místico, ocultista e tampouco é diretamente relacionada a linhas religiosas (com todo respeito eu tenho por todos estes tópicos que aqui menciono) e infelizmente no Brasil tem sido muito utilizada com tal conotação ocultista, o que inclusive foi tópico de correção por parte dos professores do curso lá na Alemanha em Outubro, no Hellinger Camp, seminario que me ocupou as férias em maravilhoso e grande estilo.

Dito isso, claro que eu me tornei além de engenheira, uma terapeuta sistêmica, coach e praticante ativa de PNL. E depois de tantos cursos pela nossa querida terra tupiniquim, estava faltando realmente um seminário internacional realizado fora do Brasil.

Em Agosto de 2018 a decisão estava tomada e as passagens compradas.

Em outubro fui ao Hellinger Camp, Seminário Internacional Prático sobre Constelações, nos quais participantes do mundo inteiro (muitos representantes da Alemanha, China, Rússia, Holanda, Espanha, Canadá, Argentina, Colômbia e também do Brasil – por sinal em alto número) estavam lá com seus corações abertos para aprender mais sobre esta maneira tão linda de trabalhar nossos desafios neste planeta e por consequência, trazer o aprendizado a clientes, amigos, colegas e familiares de nossos países de origem.

A Cidade na qual o curso ocorreu, Bad Reichenhall, fica no extremo sul da Alemanha e parece uma casinha de bonecas em tamamho de gente grande… É um Kurort- Nome que significa uma estância de saúde com aptidão especial para terapia médica. A característica para um resort de saúde- Kurort é a presença de remédios naturais do solo, a água ou o clima ou a possibilidade de fisioterapia, por exemplo.águas terapêuticas e termas. Pois aqui tem tudo isso, e muitas lojinhas meigas e floridas, evidentemente boa comida e a deliciosa cerveja da Bavaria (e olha que minha grande paixão, como boa descendente de italianos, é um vinho tinto, né, Bello?). Descobri que é o chacra do coração do planeta, vai me dizer que não é especial?

Da linda e pequena Cidade, cheia de pontos turísiticos e de força que a Sonaira D'Ávila (que mora por estas bandas) mostrou pra gente e conta um pouco aqui . São muitos os Kraftort - lugares de poder, nesta região como este aqui pertinho, a Sonaira pelo Do Rio pra cá, organizou uma agenda especial para nos atender no pouco tempo que tínhamos. Além de fazer uma super vivência de sagrado masculino aqui e feminino aqui que não participei, mas prometo que da próxima embarco.

Nós podíamos contar apenas com o horário de almoço para passear, comprar um souvenier ou outro e comer, sem nada de álcool. A sorte é que tínhamos duas horas de almoço e tudo era perto e fazia à pé…(pausa: eu, que moro em São Paulo, Cidade na qual para pegar um carro em horário de almoço e voltar a tempo à parte da tarde no serviço preciso me planejar com antecência e ainda ficar bem preocupada pelo trânsito sempre imprevisível; evidentemente me senti livre e feliz com todas estas possibilidades).

Mas minha viagem fechou com chave de ouro em seu penúltimo dia… Bad Reichenhall é vizinha (isso quer dizer 15 minutos de carro…de novo, pausa de paulistana…) de Salzburg, na Austria. País que eu nem imaginava conhecer e que não estava em minha lista de desejos…que burrinha, eu, né? Nem imagimava o lugar de poder que estávamos, Vou ter de voltar só para conhecer o mais emblemático deles- O Untersberg.

Em Salzburg, através da organização da equipe do Rio pra Cá; passamos um dia incrível nesta Cidade em específico, podendo conhecer a casinha onde Mozart nasceu, feiras, museus, catedrais, lojas de sais curativos produzidos na região e finalizar a noite num típico restaurante austríaco, onde tomei um vinho local e apreciei uma comida maravilhosa e fartamente servida.

Após minha viagem de volta ao Brasil (triste por deixar a Alemanha e a Áustria; porém feliz por voltar ao meu cantinho e aos seres queridos); na empresa onde trabalho, uma maravilhosa viagem ao Nordeste Brasileiro foi aprovada e lá pude colocar em prática o lindo aprendizado que tive no curso…através de um treinamneto liderado e ministrado por mim mesma ao times da fábrica neste local. Simplesmente recheado de feedbacks positivos, novas amizades e um aprendizado que sequer consigo mencionar sem me emocinar (perdi a conta de quantas vezes diriji de volta ao hotel com o carro alugado pela empresa tão feliz que chorava sozinha vendo o Sol se por…aquele choro que não é de luto; mas sim de renascimento, de vida…de alegria…de missão sendo cumprida…).

Fico pensando em como o mundo sistêmico funciona…quando tomamos uma ação com amor e sinceridade, é como se um presente chegasse embrulhadinho até nós e assim foi…e graças a Deus e a esta viagem; hoje conheço minha missão de vida: as pessoas e as minhas profissões de engenheira e terapeuta sistêmica. Sim, esta foi uma viagem diferente na Alemanha e eu, agora, uma nova Dani.

O Universo não é mesmo incrível?

Daniela Mediolaro Benazzi tem 39 anos; de origem italiana, nascida no Grande ABC paulista e mora em São Paulo há aproximadamente 15 anos. Solteira, tem paixão por vinhos, animais, praia & mar (é também mergulhadora), livros e ama viajar.

Engenharia Química – UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) , com Pós-Graduação em Gestão de Projetos – IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). Personal & Professional Coach & Leader Coach – SBC (Sociedade Brasileira de Coaching) e Master Practitioner em Programação Neuroliguística (PNL) – Sociedade Brasileira de PNL. Leader Trainning 1 & 2, Renascimento (Rebirth) – Instituto Tadashi Kadomoto e Constelação Familiar – Hellinger Schüle (Hellinger Camp, Alemanha & Faculdade Innovare em andamento, em São Paulo).

#DanielaMediolaroBenazzi #Convidada #Brasil #Dicas #seulugar #Alemanha

47 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle