• Guiga Soares

4 eventos no Rio de Janeiro para quando setembro chegar


Enseada de Botafogo e o Pão de Açúcar ( Foto: Guiga Soares)

CasaCor Rio de Janeiro 2019 no porto

Desde o dia 20 de agosto até 29 de setembro, a 29º edição da CasaCor, evento de arquitetura e decoração, começa a sua trajetória anual. Dessa vez, está montada em outro espaço na mesma região portuária, já que em 2017 ocupou a torre empresarial AWQA Corporate ali perto. 

Agora, o local em questão é o Touring Club do Brasil na Praça Mauá, uma joia da década de 20 do século passado. Em 2020, o prédio vai receber um centro gastronômico com cerca de 30 restaurantes: o Mercado do Porto Carioca é uma concepção do arquiteto Miguel Pires Guimarães. 


Prédio do Touring Club do Brasil na Praça Mauá (Foto: Casa Cor)

A construção em estilo art déco é um projeto do arquiteto francês Joseph Gire, que também foi responsável pelos projetos do Hotel Copacabana Palace, do Palácio das  Laranjeiras – residência oficial do governador do estado - e do edifício A Noite do outro lado da praça, que foi considerado o maior arranha-céu da América Latina por muitos anos. 

Esse prédio abrigou a famosa Rádio Nacional. Fundada em 1936, apresentou e lançou famosos programas de humor e de música com grandes nomes da cultura brasileira, tais como, Orlando Silva, Emilinha Borba, Pixinguinha, Marlene, entre outros. Aliás,  a “Era do Rádio” serve de inspiração para a programação musical da CasaCor 2019.


Um dos espaços do evento à beira da baía da Guanabara (Foto: Casa Cor 2019)

Nesta temporada, serão cerca de 45 ambientes que se espalham pelo prédio histórico e pelo galpão anexo. O tema dessa vez será “Planeta Casa”. A visita é um programa imperdível ainda considerando a espetacular vista para a baía de Guanabara e a vizinhança do Museu do Amanhã e o MAR (Museu de Arte do Rio).



Festas para o livro no Rio de Janeiro ( Foto: Pixabay)

Eventos que fazem a festa do livro

Do dia 30 de agosto ao dia 8 de setembro, a XIX Bienal Internacional do Livro Rio se instala nas dependências do Riocentro na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. A feira, que começou nos salões do Hotel Copacabana Palace, hoje, é considerada o maior evento literário do país. São vários espaços com diversos tipos de atividades, entre eles, os dedicados aos encontros dos leitores com os seus autores favoritos.


É uma dica de evento para todas as idades. Visitei muitas das edições e levei meu filho inúmeras vezes. Ele adorava. Além disso, tive a oportunidade de trabalhar no time de produção de uma das edições. Achava o máximo ver aquele monte de crianças das escolas convidadas sentadas com livros nas mãos e compartindo o conhecimento umas com as outras. Foi maravilhoso.


O navio Logos Hope, maior biblioteca flutuante do mundo, fica ancorado no porto do Rio. ( Foto: Logos Hope)

Ainda falando em livros, chega ao porto do Rio de Janeiro no dia 19 de setembro a maior livraria flutuante do mundo, o navio Logos Hope. A embarcação de 132 metros de comprimento pertence a GBA Ships, organização sem fins lucrativos registrada na Alemanha. Segundo os responsáveis, ele já foi visitado por cerca de 47 milhões de pessoas na sua passagem por 150 países nos seus 40 anos de existência.


Maior livraria flutuante do mundo ( Foto: Guiga Soares)

 A tripulação é composta por voluntários de 65 países e promove apresentações musicais e teatrais a bordo. Estão à venda cerca de 5 mil livros de baixo custo na sua grande maioria em inglês, mas há sempre uma oferta na língua do país visitado.  

Além de receber visitantes, o projeto também realiza doações a asilos, orfanatos e prisões. Essa opção precisa estar na agenda do carioca ou do turista até por conta do ineditismo. Quem sabe, uma boa sugestão, seria unir a visita ao navio com a ida à mostra CasaCor? Ambos estão na região portuária. O navio fica ancorado no porto da cidade até o dia 8 de outubro.  


Plateia na edição do RIR em 2017 (Foto: Rock in Rio)

Música in Rio

O quarto super programa da temporada é o Rock in Rio que, mais uma vez,  será realizado no Parque Olímpico na Barra da Tijuca. Com essa, já serão oito edições. Fui a todas: sou fã!

No primeiro ano de sua realização, em janeiro de 1985, fui a dois dias. Sou testemunha do lamaceiro que a área de mais de 250 mil m² se transformou. As chuvas de verão não perdoaram. Caíram com toda força. A lama era tanta que mesmo caminhando com cuidado e usando galochas, a gente ficava presa ao solo enlameado. 


Freddie Mercury no Rock in Rio 1985 (Foto: reprodução web)

Dançando com Freddie Mercury

A “Cidade do Rock”, como ficou conhecido o local, se tornou pequena para os mais de 1,5 milhão de fãs de artistas que fizeram apresentações memoráveis. O grupo “Queen”, por exemplo, levou 300 mil pessoas à loucura. A cena do show da banda nesta edição faz parte do filme “Bohemian Rapsody”. O ator Rami Malek ganhou o Oscar 2019 de melhor ator por sua interpretação do vocalista Freddie Mercury.


Sabemos que, na verdade, no roteiro esse show de 1985 foi usado em ordem cronológica anterior à realização do festival. No entanto, esse fato não tirou o valor expressivo e repleto de lembranças da cena. Foi lindo ver no cinema novamente aquele espetáculo inesquecível.

Curtiu minhas dicas de eventos para setembro no Rio? Espero sinceramente que sim. Se desejar mais informações, acessa os links oficiais de cada um dos 4 eventos que estão no texto. Aproveite!


Para acompanhar o que acontece e conhecer nossas histórias pelo mundo, passa lá na nossas páginas no Facebook e Instagram.

2 visualizações

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle