top of page
  • Foto do escritorMitzi Evelyn

Cuidando da saúde no Reino Unido


O Reino Unido é conhecido mundialmente por ter uma medicina de excelência, medicina de primeiro mundo, pelas universidades de Oxford e de Cambridge. Sim, isso é verdade, mas só se estiver morrendo. Aí, você vai para os melhores especialistas do mundo. Até lá, se precisar tratar ou curar tosse, espirro vai voltar para casa com um sonoro: "Respira fundo e, se precisar toma um xarope".

Não é piada. Essa frase foi ouvida pelo meu marido em uma emergência que ele buscou depois de duas semanas com uma gripe mal curada.


Foi um choque descobrir que a famosa medicina não chega sequer perto do que ouvimos falar. Nunca precisei me tratar de nada grave, ainda bem. Mas, para as questões de saúde básicas, as coisas não são nada simples por aqui.

O sistema de saúde no Reino Unido é todo gratuito e cada pessoa tem o seu GP, algo como um médico da família, um clínico geral. As consultas duram exatos 15 minutos para cada pessoa ou qualquer questão a ser tratada. A prescrição da medicação, se necessária, vai direto para a farmácia mais perto.


O médico também é sempre o mais perto do seu endereço, o que facilita muita coisa. O tempo de espera para uma consulta é em média de três semanas entre a marcação e a ida à clínica. Além disso, é bom torcer para a consulta não ser desmarcada na última hora. Você pode retornar ao início da fila de espera.


Uma outra situação curiosa que aconteceu comigo foi ir ao médico, receber o diagnóstico exato e sair de lá com a seguinte frase: "Fica tranquila. Só fica perigoso depois de seis meses. Até lá, esperamos". Disse: ops, como assim? Não é possível fazer nada para minimizar ou, sei lá, o quê? "Não, não pode. Qualquer coisa, volta depois dos seis meses. Neeext."


Se você tiver uma condição financeira melhor e quiser fazer um plano de saúde, por exemplo, primeiro, é necessário passar pelo GP/médico. Ele é quem encaminha. Parece que não faz muito sentido, mas é assim. O plano, por sua vez, só cobre doenças. Ou seja, obstetra pelo plano? Não. Gravidez não é doença. Vai ser no médico ou no particular mesmo.

Os custos dos médicos particulares no Reino Unido são um pouco assustadores. Uma consulta simples de trinta minutos com um especialista em média custa de 150 a 300 pounds, mais ou menos, R$ 945,00 a R$ 1890,00 ( aos valores do câmbio da data na qual estou escrevendo). Não há reembolso. Os exames são todos à parte e, mesmo assim, é preciso esperar uma semana mais ou menos para ser atendida.


Enfim, uma observação rápida de uma leiga no assunto, eu no caso. Aqui, se trata a doença. Não há o costume de prevenir as doenças dando ênfase aos sintomas.


Até que eu me adapte, devo seguir a orientação do GP/médico. E, esperar não precisar de nada.


E, não deixem de seguir a nossa turma no Instagram e no Facebook.

Fotos: Pixabay

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page