• Guiga Soares

Futebol em Portugal no Estádio da Luz do Benfica


Não sei se já contei que sou apaixonada por futebol. Amor que vem de criança nas idas aos jogos do Flamengo no Maracanã. Enfim, quiseram os deuses do esporte que eu retornasse aos jogos de futebol em Portugal no Estádio da Luz do Benfica.


O futebol faz parte da minha vida como torcedora e como profissional de comunicação e eventos. Fui responsável, por exemplo, pela a área de Protocolo no Maracanã durante a Copa do Mundo em 2014. Recebi chefes de estado, príncipes, como Angela Merkel, Vladmir Putin e Albert de Mônaco. Foi a realização de um sonho de criança.


Já não ia a um jogo de futebol há quase dois anos quando o Flamengo foi campeão brasileiro e da Libertadores em 2019. Como aconteceu em todos os países, nesses meses de pandemia, coronavírus, dúvidas, os jogos sumiram dos campos.


Ainda com receio dessa volta, resolvi me aventurar. Decidi assistir o jogo do Benfica contra o espanhol Barcelona pela Champions League. Em Portugal, o índice de vacinação atinge algo em torno de 85% da população com as duas doses ou com a dose única. O país segue na dianteira daqueles que mais vacinaram relativamente seus habitantes.


RETORNO AOS ESTÁDIOS

Muita felicidade em voltar à energia dos estádios de futebol justamente no Estádio da Luz em Lisboa ( Foto: Acervo Pessoal)

Diante desse cenário, as regras de convivência foram revistas, brasileiros podem viajar para as terras portuguesas desde o dia 1º de setembro. E os estádios puderam reabrir seus portões. No entanto, ainda seguindo algumas regras sanitárias, tais como: distanciamento entre os assentos, uso de máscara (nem todos usaram, mas....), álcool nas entradas dos túneis que dão acesso às cadeiras, apresentação do passaporte da vacina ou do teste negativo da Covid-19 e muita checagem de segurança na entrada.


A questão era comprar os ingressos. Decidi ir ao estádio no dia em que foram colocados alguns poucos ingressos para os não associados. Sob um sol brilhoso, mas tímido de outono, cheguei ao estádio numa sexta-feira meia hora antes das bilheterias abrirem e quinze dias antes da partida.

À espera em frente à estátua do ídolo do clube, Eusébio, antes de comprar os ingressos. ( Foto: acervo pessoal)

Eram 8h30 da manhã. Havia mais ou menos 10 torcedores na nossa frente. Alívio. Achei que encontraria uma fila grande. Afinal, estou habituada às enormes filas para a compra de ingressos para os jogos do Flamengo no Rio.


Na mesma tarde do jogo, fiz um teste antígeno já que não tenho a carteira digital de vacinação aceita na União Europeia. Com o resultado negativo, me mandei para o estádio. Na entrada, o de sempre: torcida à espera do controle de ingressos e da revista de segurança para homens e mulheres. Faz parte. Subi muitas escadas para alcançar o lugar no terceiro nível. Mas, enfim, encontrei meu lugar. Mergulhei no clima de estádio com aquele espírito esportivo que tanto curto.


A ÁGUIA DO BENFICA

Águia mascote do Sport Lisboa Benfica ( Foto: Site do Benfica)

O Benfica tem algumas particularidades protocolares que valem a pena contar. O hino, por exemplo, que começa com um tom cerimonioso cantado por uma voz masculina gravada, continua com o canto da torcida que coloca a mão no coração. Em um determinado momento, a gritaria toma conta dos torcedores. Todos deixam de seguir a voz gravada e seguem cantando, gritando, batendo com os pés do chão.


Depois, a águia de cabeça branca Vitória, mascote do time, faz seu voo em torno do campo ao som das vozes animadas da torcida. Ela é um espetáculo à parte. Eu já havia visto a águia em uma visita guiada ao estádio há alguns anos. Sim, ela faz parte do tour do Estádio da Luz.


Mas, eu tinha curiosidade de vê-la voando em dia de jogo. Ela é bem treinada e não se abala com os gritos animados. Retorna ao seu lugar colocado no centro do gramado para reencontrar seu treinador.


Já houve registro em anos anteriores quando a águia não fez o circuito treinado e voou para fora do estádio. Mas, acabou voltando. Outro detalhe: são duas águias, há também a Gloriosa.


O Benfica ganhou de 3x0. O Barcelona tem bons jogadores, mas não é mais aquele do Messi. Teve pênalti, cartão vermelho, substituições e, o melhor, futebol ao vivo. Foi uma noite espetacular. Apesar dos 16 graus, nem senti frio. Estava agitada com esse retorno. Agradeço aos deuses do futebol. Dei sorte de estar em Lisboa na data do jogo.


Não deixe de seguir o nosso time no Facebook e no Instagram.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo