• Do Rio pra cá

9 dicas para playlists em fase de pandemia: música é a solução!

Atualizado: Abr 15


Rio e Londres, duas capitais unidas pelo nosso time do Do Rio pra cá.

Uma das lições – das muitas que estamos aprendendo - desses tempos de novo coronavírus que nos obriga a ficar em casa: música e mais música! E, mais uma dica: “se faltar palavra, cante”. Enfim, música é a solução!


Nosso time vem desenvolvendo um sistema de escolha de músicas para passar esses dias de parada forçada. Estamos ouvindo canções e artistas que não ouvíamos há tempos. Não falta tempo. E, além disso, vamos descobrindo e reforçando o ouvido com um monte de novidades. Os amigos também vão ajudando. Enviam sugestões, versões de canções antigas nacionais e internacionais.


Na esteira dessas sugestões, vamos assistindo mais e mais vídeos. Procuramos seguir esses artistas também nas redes sociais. Muitos estão fazendo as famosas “lives”. Todas ótimas. Tem oferta para tudo quanto é gosto nesses tempos de pandemia.


Sem dúvida, a tecnologia é a grande aliada nessa época. No meio de tanta apreensão, de mudanças – às vezes, parece que estamos navegando dentro de um denso nevoeiro – podemos contar com essas facilidades tecnológicas. É um alívio. Que bom!

Segundo, a plataforma Spotify entre 13 de março até 12 de abril, as 200 músicas mais ouvidas no Brasil, por exemplo, foram ouvidas 953 milhões de vezes.


O resumo das nossas duas blogueiras está logo aqui embaixo e o porquê da existência dele mais abaixo.


A LISTA

1. Arianna Savall

2. Chico Buarque

3. Martinália

4. Nat King Cole

5. Nena

6. Ophiusa Paos

7. The Carpenters

8. The Weekend (After Hours)

9. Thundercat (It is what it is)


UMA PLAYLIST DIRETAMENTE DE LONDRES





Com a palavra, uma das nossas colunistas que está em Londres, Dani Paiva.


“Conto aqui sobre o que não sai da minha playlist o que ando ouvindo: os novos discos do Thundercat (It is what it is) e do The Weekend (After Hours. O primeiro traz um balaio inteligente e cheio de suíngue. Já o segundo vai com uma pegada anos 80: delicinha!


Quero falar também da curadoria de Lady Gaga para o evento virtual beneficente “One World: Together at Home”, que acontece no dia 18 de abril, sábado. Vai ser transmitido para os canais dos Estados Unidos ao vivo e reproduzido no dia seguinte pela BBC. O “One World: Together at Home” contará com artistas e celebridades como Paul McCartney, David Beckham, Stevie Wonder, Billy Eilish, Elton John, Maluma, entre outros, participando das suas casas. Acessa o link pra conhecer mais sobre esse evento que já sendo chamado de "live das lives". No Brasil, vai ser transmitido a partir de 16h00 pelo Mulitshow e Globoplay. Na TV Globo, vai ao ar no mesmo sábado depois do programa " Altas Horas". Tem tudo para se transformar no " Live Aid" do século 21.



E, como música tem tudo a ver com festival, outra dica bacana é o documentário “Coachella: 20 years in the desert” que está disponível no YouTube. Conta a história do festival lendário na Califórnia. Imperdível! O link já está aí acima".


DICAS DE QUEM VIVE NA PONTE RIO-ALEMANHA EM TEMPOS DE PANDEMIA


Agora é a vez de outra colaboradora do nosso time, Sonaira D’ Ávila, que vive parte do ano no Rio, parte na Alemanha.


Nesse momento, estou na minha “temporada” Rio de Janeiro e com passagem de retorno para a Europa comprada para maio. Retorno ao Brasil em dezembro próximo. Como escrevi no texto passado que está aqui.


Momento stand by para qualquer viagem, mesmo que seja de volta pra casa na Alemanha. No meio dessa minha habitual fase brasileira, surge essa pandemia…..


Tudo meio incerto e neste compasso de espera procuro manter uma boa vibe ou mudar a frequência da casa, o que é essencial. Somos dois por aqui com espírito de desbravadores de mundos. Mas, pessoas fazem questão de frisar que estamos no grupo de risco. Principalmente, marido que já, já comemora seus 80 anos bem vividos. Dá pra imaginar que, às vezes, o ar pesa.


SAMBA, CHICO BUARQUE E MÚSICA ESPANHOLA PARA LEMBRAR AS VIAGENS DO CASAL


Jericoacora (Pedra Furada), Ceará, onde apresentei Chico Buarque para o meu marido.

Mas, nada como uma Martinália para já mudar os ares. Literalmente, temos sambado muito por aqui. Optamos por viver e fazer as “nossas” viagens em vez de nos envenenar deste pânico da morte que com certeza um dia chegará. Assim, vamos brindado cada dia. Um gole de champanhe virou ritual de celebração todos os dias com uma música especial. Celebrando a vida.


Sempre que viajamos tentamos encontrar uma música que marque aquele lugar. São tantos momentos...


Quando comecei a namorar meu marido alemão há 19 anos, apresentei para ele o Chico Buarque numa coletânea de vários volumes com diversos cantores. Ouvindo o Chico, nos lembramos de Jericoacoara, no Ceará, e nossa primeira viagem de Natal e Réveillon juntos.


Começo de namoro em Buenos Aires e de lá temos “Gotas Project”, Buenos Aires Late. Um bom tango moderno pra dar um climinha na casa. Pra alma ficar mais faceira vamos de Ophiusa Paos, uma levada de música Celta espanhola com ar de ciranda que esbarramos numa esquina em San Thiago de Compostela quando fui encontrá-lo no final do caminho de 800 km que ele percorreu em 2009.


Somos ecléticos. Ele adora um Nat King Cole que dei de presente num Natal que passamos na Alemanha quando ele fez 70 anos.


Na nossa viagem ao Vale do Loire, França, ele me pediu em casamento. Pra lembrar desse momento, vamos de The Carpenters.

Vamos também de The Carpenters que eu ganhei dele numa viagem ao Vale do Loire, para lembrar de nós dois e de quando ele me pediu em casamento há 13 anos.


Em Isola Bella, Itália, Lago Maggiore, ao som da voz de fada Arianna Savall (Foto: Acervo Pessoal)

Cannobio, na Itália, tem a trilha sonora de Arianna Savall , uma voz de fada que toca harpa e ecoava pela viela medieval na fronteira com a Suíça.

E, minha primeira música alemã? Nena


Nossa tem tanta história que de tédio a gente aqui não reclama.

E, assim seguimos nossas tours musicais, sem pressa de voltar.

E, vocês como andam fazendo suas viagens por ai? Qual a trilha sonora de vocês?"


E, não deixe de seguir a gente nas redes sociais: Instagram e Facebook.

siga!

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle