• Dani Paiva

Jantar no melhor restaurante do mundo


Nesse mês de julho de 2022, o dinamarquês “Geranium”, com três estrelas no Michelin, chegou ao topo da desejadíssima lista World´s 50 Best Restaurants, que há 20 anos elege os melhores restaurantes do mundo. Detalhe: esse ano o paulista “Casa do Porco Bar” ficou em sétimo lugar.


Em 2018, tive o privilégio de conhecê-lo em uma viagem liderada pelo chef sueco Simon Lauce de Holm. Uma vez por ano, ele leva um grupo de comensais para desvendar a comida, a arte e a história cultural de algum lugar do mundo.


As excursões são temáticas e focadas em gastronomia e cultura. Isso significa que a agenda pode incluir passeios, visitas a museus, a exposições e a restaurantes com estrelas “Michelin”. Além de atividades culinárias diversas, tais como: cozinhar junto, conhecer fazendas, colher frutas e plantas e participar de jantares privados. Tudo o que faz bem para o estômago e para a alma.

Naquele ano, o foco da excursão foi os países nórdicos: Islândia, Dinamarca e Suécia. Entre os lugares e refeições incríveis – depois conto sobre um jantar saboroso e emocionante em uma ilha na Suécia feito pela família do Simon - visitamos o “Geranium” do dinamarquês Rasmus Kofoed.

Naquela época, ele já havia coletado a terceira estrela “Michelin” alguns antes do revolucionário restaurante “Noma” conseguir essa honra máxima da gastronomia mundial. Na foto acima, Versions of our Crispy Jerusalem Artichoke Leaves ( folhas variadas e alcachofra crocante).


Lembro muito bem daquele jantar, do cuidado com que fomos tratados. Lindíssimo, o restaurante fica no oitavo andar de um prédio no centro e com uma bela vista de Copenhagen.


GASTRONOMIA E FUTEBOL


Era época de Copa do Mundo. Então, o chef Simon reservou uma área exclusiva em que, pasmem, fomos recebidos com um telão, pois o jantar aconteceria em pleno jogo. Quando um restaurante com 3 estrelas toparia agregar a sua experiência única à fuzarca de torcedores brasileiros? Mas, aconteceu.


Naquela noite, o Brasil perdeu sua chance de seguir em frente no campeonato. Mas, o jantar aqueceu o coração. O menu nos conduziu a um passeio à floresta e à natureza com riqueza de sabor, textura, frescor, detalhes e beleza.

Os pratos exploravam sensações, sentidos, emoções, descobertas. Na foto acima, Green Egg, with Pine, Caramel & Dark Chocolate (ôvo verde com pinha, caramelo e chocolate amargo).


Lembro de me emocionar de verdade com a delicadeza de prato ´The Forest” (foto acima) que veio com uma raiz avermelhada por cima. Tanta ternura e reverência ao natural. Tive que me conter.

Comida que toca fundo e se conecta com você.

O prêmio para o "Geranium" é merecidíssimo!

Fotos: Arquivo Pessoal


Continue a seguir nosso grupo no Instagram e no Facebook.





15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo